terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Nós da Página do André Ritter desejamos a todos uma ótima virada e que o melhor ainda esteja por vir no ano que vem, repleto de realizações. Nos vemos em 2014 e vamos continuar rindo juntos! #Feliz2014


Comece o ano bem...


MEC divulga oferta de vagas para o Sisu

Inscrições ocorrerão dos dias 6 a 10 de janeiro exclusivamente pela internet

 O Ministério da Educação divulgou nesta terça a lista com as instituições que participam do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2014, além dos respectivos cursos e número de vagas de ensino superior ofertadas. As inscrições para o Sisu começam no dia 6 de janeiro e serão encerradas no dia 10 de janeiro.

Clique e confira a lista de cursos

Podem participar os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 e que não tenham zerado a redação. O resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 13 de janeiro e da segunda chamada, no dia 27. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet.

O Sisu é um sistema informatizado desenvolvido pelo Ministério da Educação onde instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida pelo candidato. O candidato pode escolher até duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Durante todo o período de inscrição, o estudante poderá alterar a opção de curso ou cancelar a inscrição.


Fonte: Agência Brasil 

Prefeitura de Viamão avalia acionar MP para garantir abastecimento da Corsan

Município foi o terceiro a decretar situação de emergência em função do problema

O prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, cogita acionar o Ministério Público para garantir o abastecimento de água integral na cidade. O chefe do Executivo nomeou um grupo de trabalho, formado por secretários e gestores municipais, para analisar, em 30 dias, o contrato vigente entre o município e a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e sugerir melhorias para a autarquia.

“Essa medida está prevista no ofício que encaminhamos, junto com o decreto de situação de emergência, ao governo do Estado e à autarquia. Está especificado ainda que podemos rescindir o contrato com a estatal”, destacou Bonatto. A intenção da administração pública é exigir o cumprimento das obrigações firmadas na concessão com a Corsan, que prevê melhorar o nível da qualidade do serviço.

Viamão e Cristal, no Sul do Estado, foram as duas últimas cidades a declarar situação de emergência por conta da falta de água nas áreas atendidas pela Corsan no Rio Grande do Sul. A prefeita de Cristal, Fábia Richter, fala em prejuízo de R$ 3,3 milhões nas lavouras de milho, soja, fumo e na produção de leite. Além dos prejuízos na zona rural, há falta d'água potável para os mais de 7,2 mil habitantes.

Santana do Livramento já havia recorrido ao decreto de emergência em função da falta d'água no dia 27. O Departamento de Água e Esgotos da cidade mobilizou funcionários e cinco caminhões-pipa para minimizar o problema. Um dos veículos foi emprestado pelo município de Bagé e os outros compõem a frota do Exército na região.

Em Gravataí, a prefeitura decretou estado de calamidade pública também no dia 27. A Corsan confirmou ter normalizado ontem o abastecimento na cidade e deve ressarcir os afetados, com desconto na fatura de janeiro.



Fonte: Stephany Sander / Rádio Guaíba 

Viamão e Cristal declaram emergência por falta de água

Cidades atendidas pela Corsan criticam serviço prestado pela companhia

Viamão, na Região Metropolitana; e Cristal, no Sul do Estado, são duas novas cidades a declarar situação de emergência por conta da falta de água nas áreas atendidas pela Corsan no Rio Grande do Sul. A prefeitura de Cristal alega prejuízo de R$ 3,3 milhões nas lavouras de milho, soja, fumo e na produção de leite. Segundo a prefeita Fábia Richter (PSB), além dos prejuízos na zona rural, há falta d'água potável para os mais de 7,2 mil habitantes.

O prefeito de Viamão, Valdir Bonatto criticou a prestação de serviço da empresa e enviou um ofício advertindo sobre a precariedade do atendimento à população. Ele também admitiu a possibilidade de rever o contrato com a estatal. Conforme Bonatto, durante o ano, o município buscou informações junto à Corsan sobre planejamento e execução de projetos de abastecimento de água e esgotamento sanitário em diversas regiões de Viamão. Ele explica que a companhia já informou que não dispõe de estudos nem de projetos para redes de tratamento de água e de esgoto.

Santana do Livramento já havia recorrido ao decreto de emergência em função da falta d'água. Em Gravataí, a Prefeitura decretou estado de calamidade pública. Nas duas cidades da região Metropolitana, o contrato também é com a Corsan enquanto que, na da Fronteira Oeste, o serviço é municipalizado.

A Corsan informou em nota oficial que o abastecimento de água foi normalizado, na noite desta segunda-feira, em Gravataí, na Região Metropolitana. Conforme a empresa, entretanto, regiões mais altas do município ainda podem ter falta de água ou baixa pressão ao longo da madrugada. Dezenas de milhares de pessoas foram prejudicadas durante forte onda de calor no Rio Grande do Sul.

Apesar do Dmae garantir que não há falta de abastecimento em Porto Alegre, moradores que afirmam estar sem água há cinco dias no bairro Lomba do Pinheiro fizeram protesto, na noite desta segunda-feira. Eles bloquearam parcialmente o cruzamento das estradas Afonso Lourenço Mariante e São Francisco, na zona Leste.



Fonte: Rádio Guaíba

Tempo instável deve marcar último dia do ano no RS

Vendaval na Usina do Gasômetro deu "aviso" sobre condições do tempo no Réveillon

Vendaval na Usina do Gasômetro deu aviso sobre condições do tempo no Réveillon
Crédito: Fabiano do Amaral
 
Nuvens pretas e carregadas deixaram o céu de Porto Alegre fechado no final da tarde desta segunda-feira. Não chegou a chover na Capital, mas a equipe que montava o palco para o Réveillon da cidade levou um susto com o vento forte que derrubou três banheiros químicos e algumas grades na Usina do Gasômetro. Serviu de aviso para a previsão de uma passagem de ano com tempo instável no Rio Grande do Sul.

O último dia de 2013 deve ser abafado e com pancadas de chuva devido à passagem de uma frente fria vinda da Argentina pelo Estado. O sol até aparece em algumas áreas do Estado, mas a nebulosidade aumentará e chove já no início do dia em alguns pontos. À tarde, as pancadas atingem maior número de cidades, com risco de chuva forte e de temporais isolados.

À noite, na hora da virada, tempo seco na maioria dos municipios com chuva apenas isolada no Estado. Segue quente e abafado. Na quarta, predominará ainda a nebulosidade com aberturas de sol em algumas regiões, mas ocorrem pancadas de chuva, até localmente fortes, e temporais isolados.

O ano de 2013 termina marcado como mais um de extremos. Tivemos eventos de chuva volumosa que levaram caos a diversas cidades e à Capital, a maior cheia do Sinos desde 1965 e um inverno rigoroso com abundante queda de neve, como não se via desde 1994. E 2014 também pode começar com extremos.

A massa de ar quente e úmida, responsável pelo abafamento e temporais isolados com chuva forte a intensa e até granizo, mantém a possibilidade de fenômenos severos localizados como aguaceiros neste último dia do ano e no primeiro de 2014.

Preocupação maior, porém, é reservada para quinta e sexta. Um centro de baixa pressão derrubará a pressão atmosférica abaixo do valor crítico de 1000 hPa, e após pela passagem de frente fria na sexta, os dois dias são de alto risco de chuva intensa no Estado, com alagamentos e transtornos.

Com informações de Cláudio Isaías/Correio do Povo




Fonte: Metsul

 

SHOW DE RÉVEILLON EM GUAÍBA, COM BANDA EFEITO CONTRÁRIO - LOCAL: BEIRA DO GUAÍBA; HORÁRIO: 23h45


segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Definida empresa que fornecerá 30 controladores de velocidade ao RS

Laser Bach foi a vencedora do pregão eletrônico

A empresa Laser Bach foi a vencedora do pregão eletrônico realizado nesta segunda para a compra de 30 controladores de velocidade portáteis, com o valor de R$ 105,4 mil a unidade. O total do investimento será de R$ 3,1 milhões. Segundo o governo estadual, o valor terá uma economia de R$ 74 mil em relação ao estimado inicialmente.

Não houve participação de outras empresas interessadas. A aquisição foi solicitada pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), e o processo licitatório, realizado pela Subsecretaria de Administração Central de Licitações da Secretaria da Adminitração e dos Recursos Humanos (Sarh).


Fonte: Correio do Povo

Após fim do pedágio, usuários encontram banheiro fechado na ERS 474

Praça de Santo Antônio da Patrulha tinha maca abandonada e letreiro com tarifas no chão

Após fim do pedágio, usuários encontram banheiro fechado na ERS 474
Crédito: André Ávila
 
Um dia após a cobrança de pedágio ter sido encerrada na ERS 474, em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte, o cenário na praça era de desordem. A maioria dos motoristas desacelerava ao se aproximar das cancelas, apesar de um letreiro indicar passagem livre. Alguns chegavam a frear o veículo, sem saber se podiam seguir em frente. Quem parou no local para ir ao banheiro teve uma surpresa ao constatar que os sanitários também estavam fechados. Ao redor, podiam ser vistas uma maca abandonada, utilizada para atender vítimas de acidentes, e um letreiro com o preço das tarifas jogado no chão.

Entre os motoristas que utilizam a rodovia, o sentimento era ao mesmo tempo de alívio, por não ter de pagar a tarifa - que variava de R$ 7,00 para automóveis e R$ 26,40 para caminhões com seis eixos -, mas também de desconfiança com relação ao futuro da estrada. “Pedágio tem que ter, mas com um preço justo”, disse o industrial Dionísio da Silva, 50 anos, de Sapiranga.

Com 32 km de extensão, a ERS 474 liga os municípios de Santo Antônio da Patrulha e Rolante. Antes sob responsabilidade da Metrovias, a estrada foi repassada à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).


 
Praça de Santo Antônio da Patrulha tinha maca abandonada e letreiro com tarifas no chão / Foto: André Ávila
 
 
 
Fonte: Correio do Povo 
 

 

Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040

EGR assumirá a cobrança a partir do dia 6 de janeiro

Motoristas se surpreendem com liberação de pedágio na ERS 040
Crédito: Tarsila Pereira
 
Com buzinaço, os motoristas passaram nesta segunda pela praça de pedágio da ERS 040, em Viamão, uma das rodovias que voltou a ser administrada pelo governo do Estado. Usada como caminho para o Litoral Norte, a estrada registrou grande fluxo de motoristas, os quais se surpreenderam com a liberação da tarifa. O militar Carlos Nunes, 48 anos, e a filha, a pedagoga Gabriela de Assis, 28, haviam até mesmo separado o dinheiro trocado para pagar o pedágio em Viamão, por onde passaram para seguir até Magistério. “Pedagiada, a rodovia está boa. Quero ver como vai ficar agora”, disse Nunes, demonstrando preocupação.

Quanto a isso, o governador Tarso Genro declarou que o serviço prestado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) será melhor do que o que vinha sendo realizado pelas concessionárias. Há 15 anos os polos de Carazinho,Vacaria, Metropolitano e de Gramado estavam concedidos à iniciativa privada. No caso de Carazinho e Vacaria, compostos por rodovias federais, as estradas serão entregues à administração da União, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e não terão mais pedágios cobrados.

Além da praça de pedágio em Viamão, a Metrovias, integrante do consórcio Univias, decidiu encerrar a cobrança do pedágio em Santo Antônio da Patrulha (ERS 474), Eldorado do Sul (BR 290), Pantano Grande (BR 290) e Guaíba (BR 116). Os serviços de guinchos, ambulâncias e inspeção de tráfego deixaram de ser realizados pela concessionária.

A partir do dia 6 de janeiro, a EGR assume a cobrança, porém com o valor mais baixo. A ERS 040 deverá ser duplicada, no trecho entre Águas Claras, em Viamão, e Capivari do Sul, com um investimento de R$ 190 milhões. O secretário de Infraestrutura e Logística, João Vitor Domingues, destacou que a população não precisa se preocupar com o atendimento na rodovias, que deve passar a ser realizado pelos bombeiros, através de um convênio. “A EGR irá equipar os batalhões. Serão compradas 30 ambulâncias”, disse, explicando que o processo de mudança já está sendo implementado. Segundo ele, o atendimento médico será mais qualificado do que o anterior. “As ambulâncias contavam com motoristas e socorristas e agora vão ter médicos e equipamentos de UTI”, declarou.

Para a prefeitura de Viamão, haverá perda de arrecadação do Imposto sobre Serviços de qualquer Natureza (ISS), repassado pela concessionária, já que existe a previsão de redução do pedágio. “Por outro lado, a população deve ganhar com isso”, disse o prefeito Valdir Bonatto. Os moradores que têm carros emplacados na cidade seguem com isenção da tarifa.

Nas praças da Serra, onde a tarifa era de R$ 7,90, a EGR irá praticar preço único de R$ 5,90. Em Viamão e em Santo Antônio, será executado o tarifário vigente nas demais praças retomadas da iniciativa privada em 2013, o que representa uma economia de pelo menos 26% para automóveis, e 30% para caminhões - dependendo da quantidade de eixos.

Fonte: Karina Reif / Correio do Povo 

 

Corsan investirá R$ 60 milhões em sistema de água da região Metropolitana

Segundo diretor-presidente Tarcísio Zimmermann, capacidade de produção será duplicada

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) irá investir cerca de R$ 60 milhões no sistema de água da região Metropolitana. Em entrevista à Rádio Guaíba nesta segunda-feira, o diretor-presidente da Corsan, Tarcísio Zimmermann, afirmou que a água será captada no rio Guaíba, no bairro Lami, e transportada até Viamão, onde será tratada. "Será uma grande estação de tratamento. Talvez a maior que a Corsan tenha no sistema. Praticamente vai duplicar a capacidade de produção de água para a região Metropolitana", enfatizou.

Zimmermann explicou que essa estação será interligada ao sistema de Alvorada, Cachoeirinha, Gravataí e Viamão para chegar até Canoas. "Nós vamos ter dois grandes sistemas de captação de água: um no rio Jacuí, em Canoas, e outro no Guaíba, em Viamão", disse.

O diretor-presidente informou que, na semana passada, a Corsan captou recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) com contratos que superam R$ 1 bilhão para investimentos de grande porte no Estado. "Nós temos muitas obras em andamento. Temos projeção de mais investimentos para 2014. As licitações desse pacote de contratos assinados estão previstas para março", afirmou. "Nosso compromisso com o governador Tarso é colocar em obras cerca de R$ 750 milhões até o final do mês de abril," relatou.

Sobre a falta de água em diversos municípios gaúchos – sobretudo em Gravataí, onde 100 mil ficaram desabastecidos – Zimmermann explicou que o rompimento de uma adutora, no fim de semana, aliado à falta de energia elétrica deixou o sistema inativo. O diretor-presidente informou ainda que Gravataí possui um sistema mais frágil por conta do aumento populacional e do grande número de ligações de água. Ele assegurou, no entanto, que apesar dos problemas hidráulicos da cidade, um novo sistema foi projetado e deve ser concluído em fevereiro. "Este é o último ano que nós teremos crise em Gravataí", garantiu.

A Corsan abastece 320 municípios gaúchos. As principais cidades abastecidas são Canoas, Gravataí e Santa Maria.



Fonte: Correio do Povo Rádio Guaíba

Estado encampa quatro polos de pedágios

Com a presença do governador, ato na praça da BR 386 marcará retomada

O governo do Estado assume a administração de mais quatro polos de pedágio, há 15 anos concedidos à iniciativa privada no Rio Grande do Sul. O governador Tarso Genro estará às 16h desta segunda-feira na praça de pedágio da BR 386, entre Carazinho e Sarandi, para participar de ato que marcará a retomada pelo Estado dos polos de Carazinho, Vacaria, Metropolitano e de Gramado. Nesta segunda-feira encerram-se os contratos rodoviários mantidos com as concessionárias Coviplan, Rodosul, Univias e Brita Rodovias.

Nos casos de Carazinho e Vacaria, polos compostos por rodovias federais, as estradas serão entregues à administração da União, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e não terão mais pedágios cobrados.

Em relação aos chamados polos Metropolitano e de Gramado, os pedágios passarão a ser administrados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Em Viamão, a praça está localizada na ERS 040 e, em Santo Antônio da Patrulha, na ERS 474. No polo de Gramado, além da ERS 235, as praças estão em Três Coroas (ERS 115) e São Francisco de Paula (ERS 235).

Nas rodovias que passarão à administração da EGR, a economia para quem trafega de automóvel em dias úteis da semana (sendo um trecho de ida e outro de volta), passa de R$ 3,5 mil em um ano. Considerando a tarifa mais baixa paga atualmente (R$ 7,00 por trecho), a redução será de R$ 308 mensais e de R$ 3.696 a cada ano.

A Metrovias - integrante do consórcio Univias -, porém, decidiu encerrar a cobrança do pedágio nas praças de Viamão (ERS 040), Santo Antônio da Patrulha (ERS 474), Eldorado do Sul (BR 290), Pantano Grande (BR 290) e Guaíba (BR 116) às 14h desse domingo. Por meio de nota, a concessionária ressaltou que à meia-noite desta segunda-feira terminaria com as atividades nas ERSs 030, 040, 474 e 784, e nas BRs 116, 153 e 290, com o que cessarão os serviços de guinchos, ambulâncias e inspeção de tráfego. Deixarão de ser atendidas as chamadas de emergência e ouvidoria, sendo desativado o telefone 0800. A Metrovias ainda fez um agradecimento especial aos policiais rodoviários e à população "pela relação de parceria, mútua confiança, respeito e carinho que foi construída durante a prestação dos serviços".

Ambulâncias: Dnit sem previsão
Com o fim das concessões privadas nos polos de pedágio de Caxias do Sul e Lajeado, cerca de 490 quilômetros de estradas não contarão com a manutenção dos serviços de guincho e ambulância. A Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre no Rio Grande do Sul (Dnit/RS) informou que, "por enquanto", não há previsão de contratação dos serviços de guincho e ambulância em 92 quilômetros da BR 116, do extinto polo de Caxias e em 130 quilômetros da BR 386, em Lajeado. Somando as estradas federais, que estão retornando para a administração do governo federal, serão 222 quilômetros sem a prestação do serviço.

O Dnit/RS informou, por meio de nota, que não vai haver serviço de guincho e ambulância nas estradas que serão devolvidas ao poder público em 2014. O serviço fica mantido só enquanto as concessionárias estiverem operando. "O Dnit não tem na relação de seus serviços rotineiros de operação/manutenção das estradas federais, o atendimento ao usuário por guinchos ou ambulâncias", diz a nota.

Governo anuncia obra na ERS 040
O primeiro anúncio de obra, que chega com o fim dos pedágios, vai agradar muito aos usuários da ERS 040. O secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, João Vitor Domingues, revelou ontem que um dos primeiros resultados práticos consequentes da gestão estadual das rodovias antes concedidas a entes privados será a terceira pista nos dois sentidos da estrada, no trecho entre a localidade de Águas Claras, em Viamão, e o município de Capivari do Sul. O valor do investimento será de R$ 190 milhões e a previsão é que a execução da obra leve 18 meses.

Domingues explicou que uma das principais fontes de recursos será a União. Ele garantiu que a estratégia de retomada da administração pública das estradas foi definir a parceria da governo federal para financiamento da infraestrutura no RS. "Não seria possível assumir a gestão imediata das rodovias sem a garantia de investimentos que foi obtida junto à União. Outra obra prevista é a construção de uma passarela de pedestres há tempos solicitada pela comunidade em Parobé", citou.

O secretário também destacou que os usuários sentirão no bolso a diferença quando as praças de pedágio retomarem a cobrança. "Até 6 de janeiro não haverá nenhuma cobrança. Quando recomeçarem a operar, os pedágios estarão mais baratos do que eram, quando estavam nas mãos das concessionárias", afirmou. Além disso, segundo o secretário, a Empresa Gaúcha de Rodovias tem o compromisso de aplicar pelo menos 80% de sua arrecadação de volta nas rodovias.

Outra novidade para as rodovias gaúchas é o aporte de 30 controladores de velocidade portáteis, anunciado pelo governo do Estado. A compra dos equipamentos será realizada por pregão eletrônico. A abertura ocorrerá hoje, 9h05min, no Centro Administrativo Fernando Ferrari. O edital 990/2013, com regulamento e detalhamento, está disponível no site www.sarh.rs.gov.br, link Celic.

Compare os preços:
Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos
Valor atual: R$ 7,00
Valor EGR: R$ 5,20

Veículos comerciais (2 eixos)
Valor atual: R$ 8,80
Valor EGR: R$ 6,10

Veículos comerciais (3 eixos)
Valor atual: R$ 13,20
Valor EGR: R$ 9,20

Veículos comerciais (4 eixos)
Valor atual: R$ 17,60
Valor EGR: R$ 12,30

Veículos comerciais (5 eixos)
Valor atual: R$ 22,00
Valor EGR: R$ 15,40

Veículos comerciais com 6 ou mais eixos
Valor atual: R$ 26,40
Valor EGR: R$ 18,50

Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos e reboque com 1 eixo
Valor atual: R$ 10,50
Valor EGR: R$ 7,90

Veículos de passeio e utilitários com 2 eixos e reboque com 2 eixos
Valor atual: R$ 14,00
Valor EGR: R$ 10,50

Fonte: EGR
Fonte: Correio do Povo 

Prefeitos da região Carbonífera protestam contra pedágio de Eldorado do Sul

Moradores querem pagar preço justo pelo trecho na BR 290

Prefeitos de municípios da região Carbonífera fizeram um protesto na manhã desta segunda-feira na praça de pedágio da BR 290, em Eldorado do Sul. Os políticos reivindicam um preço justo de tarifa para o trecho que liga as regiões Metropolitana e Carbonífera. Atualmente, os motoristas pagam R$ 24,30, no total, nos polos de Eldorado do Sul, Guaíba e Gravataí.

Conforme o prefeito de São Jerônimo, Marcelo Luiz Schreinert, que preside a Associação de Municípios da região Carbonífera (Asmurc), os motoristas trafegam por 70 quilômetros entre Porto Alegre e São Jerônimo e, segundo ele, o valor pago é maior do que o gasto com o combustível dos veículos.

Nesta segunda, terminam os contratos dos polos de Carazinho, Vacaria, Metropolitano e Gramado. Nos dois primeiros, as rodovias serão administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e deixarão de ter pedágios. Nos outros dois, os pedágios passarão para a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). O contrato com o pedágio de Eldorado do Sul encerra-se em 2023.


Fonte: Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

Calor e abafamento se mantêm no RS neste começo de semana

Atmosfera quente e instável deve causar pancadas de chuva nesta segunda-feira

O sol aparecerá com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira. Ocorrem, entretanto, períodos de maior nebulosidade em algumas regiões. A atmosfera quente, úmida e instável traz pancadas de chuva localizadas para a maioria das regiões durante o dia, especialmente da tarde para a noite.

Alguns pontos já têm chuva isolada pela manhã. A sensação de abafamento permanece intensa, desde a madrugada até o período da tarde. A temperatura seguirá elevada nesta forte e prolongada onda de calor que castiga o Estado.

As mínimas partem de 16°C em São José dos Ausentes e 18°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, devem superar os 35°C em diversos pontos. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 25°C e 35°C.

O Estado teve um fim de semana tórrido. No sábado, 40,8ºC em Santa Rosa e 37,1ºC em Porto Alegre. No domingo, 39,4ºC na Capital e 39,2ºC no Vale do Sinos. Até a terça-feira, os dias ainda serão quentes e abafados, de mínimas e máximas altas, com sol acompanhado de nuvens, mas também pancadas de chuva.

No último dia do ano, quarta-feira, poderá chove na maior parte do Estado no decorrer do dia. Também aumenta o risco de chuva forte e temporais isolados. À noite, na hora da virada, o tempo pode estar sem chuva em muitas cidades, mas com chuva esparsa ainda no Centro e no Norte do Estado.

Quinta e sexta-feira são dias que a MetSul considera preocupantes. Área de baixa pressão e posterior passagem de frente fria trazem importante risco de chuva forte a intensa nos dois dias, inclusive para Porto Alegre. Podem ser registrados volumes de chuva elevados, alagamentos e transtornos.


Fonte: Metsul

domingo, 29 de dezembro de 2013

Estado de Michael Schumacher é 'crítico' diz hospital

O estado de saúde de Michael Schumacher, sete vezes campeão da Fórmula 1, é "crítico" de acordo com o hospital francês onde ele está sendo tratado depois de sofrer um acidente quando praticava esqui.

O alemão de 44 anos "sofria de um traumatismo cerebral grave" segundo a declaração divulgada neste domingo pelo hospital de Grenoble, no sudeste do país.

De acordo com a declaração do hospital, Schumacher passou por uma cirurgia imediatamente ao chegar.
Um dos mais famosos especialistas em traumatismos da França, que também é amigo da família de Schumacher, foi levado para o hospital de Grenoble.

"O senhor Schumacher foi admitido ao Hospital da Universidade de Grenoble às 12h40 (horário local) depois de um acidente de esqui que ocorreu em Meribel, no final da manhã. Ele sofreu um ferimento grave na cabeça e estava em coma ao chegar, o que exigiu uma intervenção neurocirúrgica imediata. Ele permanece em estado crítico", informou o hospital.

O hospital não deu mais informações e, segundo a agência de notícias Reuters, um novo boletim deve ser divulgado nesta segunda-feira.

Caminhando

De acordo com outras informações divulgadas neste domingo, os agentes de Schumacher também confirmaram que o estado do ex-piloto é grave.

Schumacher estava esquiando com o filho de 14 anos nos Alpes Franceses quando o acidente ocorreu.
O ex-piloto usava um capacete quando caiu e bateu a cabeça contra uma pedra, de acordo com o diretor do resort de esqui perto de Meribel, Christophe Gernignon-Lecomte.

Lecomte afirmou que dois patrulheiros do resort atenderam Schumacher e chamaram um helicóptero para levá-lo ao hospital mais próximo, na cidade de Moutiers. Apenas depois de passar pelo hospital da cidade, ele foi levado para Grenoble.

Autoridades locais de turismo afirmaram que Schumacher estava consciente quando foi levado da pista de esqui pelo helicótpero.

As primeiras informações afirmavam que o estado dele não era grave e Schumacher teria caminhado logo após o acidente afirmando que estava apenas um pouco abalado.

O correspondente da BBC em Paris Hugh Schofield informou que especialistas afirmaram que é provavel que o cérebro de Schumacher começou a inchar e a cirurgia urgente teria sido realizada para aliviar a pressão.

A esposa, Corinna, e os dois filhos estão com ele.



Fonte: BBC Brasil


Protesto por morte de adolescente volta a bloquear ruas em Porto Alegre

Grupo fez barricada com pneus queimados na avenia Protásio Alves

Bombeiros foram acionados para apagar as chamas e liberar o trânsito
Crédito: Fabiano do Amaral
 

Terminou por volta das 20h protesto com cerca de 50 pessoas que interrompeu o tráfego na avenida Protásio Alves, com barricada e queima de pneus na zona Leste de Porto Alegre. De acordo com a Brigada Militar (BM), o motivo do protesto, que ocorre pelo segundo dia consecutivo, foi a morte de um jovem de 15 anos.

O crime já havia motivado um protesto no final da tarde de sábado, quando um grupo de pessoas interrompeu a avenida Ipiranga, nas proximidades da CEEE.  Apesar de haver uma arma próximo ao local onde ele foi alvejado, os manifestantes alegam que o jovem não estava armado e que não tinha envolvimento com crime.

Os manifestantes seguravam faixas com pedidos de justiça. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas. O trânsito foi liberado antes das 21h.
 
 

 

Colisão entre moto e carro deixa seis feridos na Estrada do Mar

Uma das vítimas foi socorrida de helicóptero e internada no hospital de Tramandaí

Colisão entre moto e carro deixa seis feridos na Estrada do Mar
Crédito: Brigada Militar/Divulgação CP
 
Acidente envolvendo um carro e uma moto deixou seis feridos, um deles em estado grave, na tarde deste domingo na Estrada do Mar (RS 389). A colisão frontal aconteceu no km 94 da rodovia, por volta das 17h, de acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar. Após o impacto contra a motocicleta, o outro veículo, um Volkswagen Gol, perdeu o controle e capotou.

Conforme a BM, o carro trafegava no sentido Torres-Arroio do Sal e a moto no sentido contrário. A vítima em estado mais crítico foi socorrida de helicóptero para o hospital de Tramandaí e as demais foram conduzidas pela ambulância do SAMU para o hospital de Torres.

Segundo o comunicado da polícia, o motorista do carro apresentava sintomas de embriagues e se negou a fazer o teste do etilometro. Em seu histórico, há 13 registros de acidentes de trânsito.


 
Aeronave foi utilizada para levar paciente em condição crítica para hospital de Tramandaí. CRBM/Divulgação CP
 
 
 
Fonte: Correio do Povo

Radar móvel flagra Ford Fusion a 135 km/h na Estrada do Mar

Motorista foi autuado pela Brigada Militar e deve pagar multa de R$ 574

O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) flagrou um Ford Fusion cometendo infração grave de trânsito na Estrada do Mar, neste domingo. Radar móvel registrou passagem do veículo a 135 km/h na rodovia, sentido Porto Alegre-Litoral Norte, num ponto em que a velocidade é limitada a 80 km/h.

O monitoramento foi feito  no km 37 da Estrada do Mar, em Capão da Canoa. O condutor foi autuado e deve pagar multa de R$ 574, além de perder sete pontos na carteira.


Fonte: Rádio Guaíba

Metrovias abre cancelas de cinco pedágios

Governo retomará praças concedias à iniciativa privada há 15 anos

Governo retomará praças concedias à iniciativa privada há 15 anos
Crédito: Metrovias / Divulgação / CP 
 
A concessionária Metrovias decidiu encerrar a cobrança do pedágio nas praças de Viamão (ERS 040), Santo Antônio da Patrulha (ERS 474), Eldorado do Sul (BR 290), Pantano Grande (BR 290) e Guaíba (BR 116) na tarde deste domingo. Por meio de nota, a concessionária ressaltou que à meia-noite desta segunda-feira encerrará suas atividades nas ERSs 030, 040, 474 e 784, e nas BRs 116, 153 e 290, com o que cessarão os serviços de guinchos, ambulâncias e inspeção de tráfego.

Também deixarão de ser atendidas as chamadas de emergência e ouvidoria, sendo desativado o telefone 0800, com o que eventuais pedidos de socorro ou quaisquer outras solicitações devem ser dirigidos diretamente à Polícia Rodoviária Federal (telefone 191) e ao Comando Rodoviário da Brigada Militar (telefone 198).

Nesta segunda, o governo do Estado recebe a administração de mais quatro polos de pedágio, há 15 anos concedidos à iniciativa privada no Rio Grande do Sul. O governador Tarso Genro estará às 16h na praça de pedágio da BR 386, entre Carazinho e Sarandi, para participar de ato que marcará a retomada pelo Estado dos polos de Carazinho, Vacaria, Metropolitano e de Gramado.

Encerram-se os contratos rodoviários mantidos com as concessionárias Coviplan, Rodosul, Univias e Brita Rodovias. No caso de Carazinho e Vacaria, polos compostos por rodovias federais, as estradas serão entregues à administração da União, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e não terão mais pedágios cobrados. Em relação aos chamados polos Metropolitano e de Gramado, os pedágios passarão a ser administrados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Em Viamão, a praça está localizada na ERS-040, e em Santo Antônio da Patrulha, na ERS-474. No polo de Gramado, além da ERS-235, as praças estão em Três Coroas (ERS-115) e São Francisco de Paula (ERS-235).

Segundo o governo do Estado, nas rodovias que passarão à administração da EGR, a economia para quem trafega de automóvel em dias úteis da semana (sendo um trecho de ida e outro de volta), passa de R$ 3,5 mil em um ano. Considerando a tarifa mais baixa paga atualmente (R$ 7,00 por trecho), a redução será de R$ 308,00 mensais e de R$ 3.696,00 por ano.

A mudança do modelo de pedágios, antes em vigor por meio do Programa de Concessão de Rodovias (PECR), criado em 1998, destinava às empresas o controle de 27 praças de pedágios em todo o Estado, distribuídos em polos. Após um conjunto de debates com a comunidade, por via do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES-RS), o governo gaúcho optou por não renovar os contratos com as concessionárias - cujo vencimento ocorria neste ano - e criar a EGR para administração dos pedágios nas rodovias estaduais.

Nas praças da Serra, onde a tarifa era de R$ 7,90 a EGR irá praticar preço único de R$ 5,90. Em Viamão e em Santo Antônio, será executado o tarifário vigente nas demais praças retomadas da iniciativa privada em 2013, o que representa uma economia de pelo menos 26% para automóveis, e 30% para caminhões - dependendo da quantidade de eixos.
 
 
Fonte: Correio do Povo  

 

sábado, 28 de dezembro de 2013

Fluxo de carros é intenso no RS em direção ao litoral

Estimativa para este sábado é de que mais de 90 mil carros passem pela freeway e ERS 040

Estimativa para este sábado é de que mais de 90 mil carros passem pela freeway e ERS 040
Crédito: Reproduçãp / Concepa / CP
 
O movimento nas estradas gaúchas em direção às praias começou de forma intensa na manhã deste sábado. O fluxo de carros é bastante acentuado na saíde de Porto Alegre no início do feriadão de Ano Novo. Às 8h30min, a freeway registrava 70 veículos por minuto no posto de pedágio de Gravataí e o mesmo número na chegada a Osório, no no Litoral Norte. A capacidade máxima da rodovia é de 85 automóveis por minuto, segundo a Concepa.

O tráfego também é intenso na ERS 040, no caminho por Viamão ao litoral. Por volta das 8h, a estrada contabilizava 19 carros por minuto, número considerado alto para a via. No entanto, a concessionária Metrovias informou que não há pontos de lentidão. A estimativa para este sábado é de que mais de 90 mil carros deixem a Região Metropolitana rumo ao litoral gaúcho e catarinense. A freeway espera mias de 72 mil carros e a previsão para a ERS 040 é de 18,1 mil veículos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta para trânsito acima do normal também na BR 116. Atuando na fiscalização da freeway e BR 101, a PRF já multou mais de 1,4 mil motoristas por excesso de velocidade. De acordo com o inspetor Alessandro de Castro, os registros mais altos foram de 170 km/h.

Santa Catarina

O trânsito é complicado para quem se desloca em direção às praias catarinenses. Na BR 101, em Laguna, o congestionamento é de 10 quilômetros para quem vai ao norte do estado vizinho. No Morro dos Cavalos, a fila é de 4 quilômetros no sentido para o sul da via.

Rodoviária
Enquanto a Capital esvazia, o Litoral Norte recebe milhares de turistas. Os destinos mais procurados na rodoviária de Porto Alegre são Capão da Canoa, Tramandaí, Pelotas, Cidreira e Torres. Neste sábado, devem seguir viagem mais 25 mil pessoas, especialmente, no turno da manhã. Foram colocados 170 horários extras e a rodoviária informou que há passagens nesta manhã apenas para alguns destinos do litoral gaúcho.
 
 
Fonte: Correio do Povo 

 

 

Calor intenso pode ter matado 5 mil frangos no Vale do Taquari

Cerca de 4 mil pertenciam a um só aviário de Cruzeiro do Sul

A forte onda de calor pode ter causado a morte de 5 mil frangos entre a noite de quinta e a manhã desta sexta-feira em quatro propriedades de Cruzeiro do Sul, no Vale do Taquari. Conforme informações preliminares obtidas pela Brigada Militar, cerca de 4 mil animais pertenciam a um só aviário. Não houve queda de energia, mas a temperatura no município chegou a 40ºC.


Fonte: Rádio Guaíba

Dmae admite falta de água devido a consumo elevado na Capital

Nível dos reservatórios está baixo e falta de luz piora a situação

O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) admite falta de água em pontos da Capital em razão do consumo elevado decorrente do calor excessivo. Conforme a autarquia, há problemas no nível dos reservatórios e a falta de energia elétrica agravou a situação. Nessa quinta-feira, cortes na zona Sul paralisaram o sistema de abastecimento Belém Novo, causando desligamento de várias estações de bombeamento e tratamento de água na região. Entre os bairros afetados, onde ainda há desabastecimento, estão Lomba do Pinheiro e Pitinga.

O Dmae ressaltou que a tendência é que o fornecimento seja normalizado ao longo da noite e madrugada, quando o consumo cai. Durante o dia, porém, pode haver novo corte. Desta forma, a autarquia pede que as pessoas economizem água e tomem algumas atitudes para uso racional, como não deixar crianças brincarem com mangueiras abertas, tratar com cloro a água das piscinas para evitar ter de renovar a água todos os dias, lavar carros usando balde e varrer as calçadas e pátios antes de lavar o chão.


Fonte: Camila Kila / Rádio Guaíba

Nível do Guaíba baixa 16 centímetros em três dias

Com baixo volume, ilhas já podem ser observadas no lago

Nível do Guaíba caiu ao longo da semana
Crédito: André Ávila / CP Memória
 
O nível do lago Guaíba baixou 16 centímetros nos últimos três dias. Só na manhã desta sexta-feira, em cinco horas, a baixa foi de quatro centímetros de lâmina d'água em toda a extensão do lago. Do alto do morro Santa Tereza, na zona Sul da Capital, já é possível observar ilhas normalmente cobertas pela água.

O nível é considerado baixo quando o registro é igual ou inferior a 80 centímetros ou menos. A marcação do meio-dia de hoje apresentou 34 centímetros – na terça-feira era de 50 centímetros. A referência é o marco zero da régua da Superintendência dos Portos e Hidrovias, que monitora o volume de água. A régua é utilizada para monitorar o calado, parte navegável, do Guaíba.

No site da SPH, os valores são diferentes. Segundo a Assessoria de Imprensa da superintendência, que passou os índices à Rádio Guaíba, o sistema está em manutenção. 

Fonte: Samuel Vettori / Rádio Guaíba 

 


 

Lembre-se


sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Passagens para Litoral Norte estão esgotadas na Rodoviária

Cerca de 30 mil pessoas devem deixar Porto Alegre de ônibus até a meia-noite

A Estação Rodoviária de Porto Alegre informou na tarde desta sexta que não há mais passagens para o Litoral Norte hoje e nas primeiras horas deste sábado. De acordo com a concessionária Veppo, responsável pelo terminal, ainda há bilhetes para a partir da tarde de amanhã, mas são poucos.

Até a tarde desta sexta, 20 mil pessoas viajaram pela Rodoviária e a expectativa é de mais 10 mil até a meia-noite. A Rodoviária providenciou 750 ônibus extras para todo o feriadão (50 além da primeira expectativa). O gerente de Operações da Rodoviária da Capital, Jorge Rosa, sugere que os usuários comprem o bilhete de retorno na chegada ao destino, evitando filas e falta de passagens na volta.


Movimento na saída de Porto Alegre

O movimento é intenso em direção às praias na véspera do feriadão de Ano-Novo. Nesta sexta-feira, às 17h, o fluxo na freeway era de 51 veículos por minutos no posto de pedágio de Gravataí e de 56 por minuto na chegada a Osório, no Litoral Norte. O fluxo é mais acentuado no km 88 da via, segundo a Concepa.

O motorista precisa estar redobrar a atenção no km 74 da freeway, no sentido Capital-Interior. A Concepa alerta para um foco de incêndio à margem da via, o que pode prejudicar a visibilidade. A previsão da Gerência de Operações é que 127 mil veículos deixem a Capital neste feriadão pela auto-estrada.

O tráfego também aumentou nesta tarde na ERS 040, no caminho por Viamão ao litoral. Segundo a Metrovias, a estrada contabilizava 15 carros por minuto por volta das 17h. Apesar do movimento, o trânsito não registra problemas no local.


Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba 

Freeway registra fluxo intenso em direção ao litoral

Concepa alerta para foco de incêndio próximo ao Km 74 da via, que pode prejudicar a visibilidade

O movimento é intenso nas estradas gaúchas em direção às praias na véspera do feriadão de Ano-Novo. Nesta sexta-feira, por volta das 15h, o fluxo na freeway já é considerado forte, apesar de não haver pontos de lentidão. Conforme a Concepa, concessionária responsável rodovia, 53 veículos passavam por minutos no posto de pedágio de Gravataí e 49 por minuto chegavam a Osório, no Litoral Norte. A capacidade máxima é de 85 automóveis por minuto.

O tráfego também aumentou nesta tarde na ERS 040, no caminho por Viamão ao litoral. Segundo a Metrovias, a estrada contabiliza 14 carros por minuto se deslocando para as praias. Apesar do movimento, o trânsito não registra problemas no local. Dos 14,5 mil carros esperados pela concessionária nesta sexta, 6,9 mil já foram.

Na freeway, o motorista precisa estar redobrar a atenção no km 74 da rodovia, no sentido Capital-Interior. A Concepa alerta para um foco de incêndio à margem da via, o que pode prejudicar a visibilidade. Até as 15h, 25,4 mil veículos já passaram pela BR 290 em direção às praias. A previsão da Gerência de Operações é que 127 mil veículos deixem a Capital neste feriadão. Esta sexta deve concentrar a passagem de 55 mil veículos. A estimativa para sábado é que mais 72 mil veículos passem pela autoestrada.

A saída de veículos de Porto Alegre também provoca movimento intenso. De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), muitos carros estão pegando a avenida Castelo Branco, mas não há registro de congestionamento na região.


Fonte: Correio do Povo

Sol e calor fazem a festa dos turistas no litoral

Altas temperaturas e vento fraco levaram muita gente à beira-mar

Estudante Mylena elogiou clima da praia
Crédito: André Ávila
Altas temperaturas e vento fraco levaram muita gente à beira-mar
Crédito: André Ávila
Registradora Alexandra Lucena levou o tradicional chimarrão para a beira da praia
Crédito: André Ávila
Mar gelado e com o conhecido tom ´chocolate´ não afastou os banhistas em Mariluz
Crédito: André Ávila
Calorão e sol forte foi atrativo para quem preferiu se bronzear
Crédito: André Ávila
 
O sol e o calor predominam no Litoral Norte nesta sexta-feira para alegria dos turistas que passam o final do ano nas praias gaúchas. Apesar de a nebulosidade ter aumentado hoje, o vento fraco e as altas temperaturas levaram muitas pessoas à beira-mar desde as primeiras horas da manhã.

A estudante Mylena Lima, 18 anos, chegou nesta sexta a Mariluz, onde vai passar a virada do ano. Ela mora em Campo Bom, no Vale do Sinos, e elogiou o clima da praia, já que na sua cidade “o calor está terrível.”

Apesar do calorão, a registradora Alexandra Lucena, 32 anos, não dispensou o chimarrão. “Sempre carrego comigo. Ele é meu companheiro”, comentou. Moradora de Santo Antônio da Patrulha, Alexandra elogiou o tempo, quase sem vento.

Em Mariluz, a bandeira é amarela; o mar está gelado e com o conhecido tom “chocolate”, característico das praias gaúchas. Mesmo assim, muita gente decidiu entrar na água para amenizar o calor.  
 
 Fonte: Correio do Povo
 
 
 
 
 
 

 

Campeonato de Jet Ski movimenta Beira do Guaíba

Fotos de Ricardo Fuchs
 
A Beira do Guaíba ficou movimentada no último final de semana. A cidade sediou a 4ª edição do Prolife Sul Americano de Jet Ski. Com o apoio da Secretaria de Turismo e Cultura e promoção da Associação Rio Grandense de Jetski, a competição que começou no sábado (21) e terminou no domingo, terminou com muitas premiações.

O evento reuniu um grande público que aproveitou o final de semana ensolarado para conferir a competição, que reuniu mais de 35 atletas de vários estados brasileiros e esportistas da Bolívia, Chile, Peru, Argentina, Paraguai e Uruguai. Para o presidente Associação Rio Grandense de Jetski, Antônio Augusto Ilha, o campeonato foi um sucesso, levando-se em conta a presença do público e o tempo que contribuiu com o evento.

Ilha destacou o quanto o Lago Guaíba é desafiador.. "Tudo começou com uma brincadeira; estávamos reunidos e começamos a discutir se era mais difícil competir em mar ou rio, e daí surgiu a ideia de competirmos no Lago Guaíba, e quem vence aqui é porque é muito bom, tem que ter um alto nível técnico, além de muita resistência".

Um dos grandes destaques da competição, Thiago Geitens também destacou o potencial do Lago “é sempre difícil competir no Guaíba, além de muita resistência, tem que se ter persistência”. 

Para 2014, a expectativa é tornar o campeonato Mundial. "Queremos trazer equipes dos Estados Unidos e da Europa para transformar o evento em Mundial", disse Ilha. Para a Secretária de Turismo e Cultura, Cláudia Mara Borges, Guaíba tende a se destacar cada vez mais nos esportes náuticos. “Para o ano que vem, pretendemos aumentar o número de competidores e trazer mais atrativos vinculados ao evento”. 


 

Feriado de Ano-Novo vai alterar comércio e serviços no Estado

Mudanças afetam supermercados, bancos, feiras e espaços de saúde

Mais de 80 mil devem deixar a Capital pela Rodoviária
Crédito: Samuel Maciel
 
As comemorações da virada do ano trazem mudança na rotina, em especial no funcionamento de serviços e departamentos públicos. Os bancos terão expediente apenas na segunda-feira, seguindo fechados na terça e quarta. Nas contas com vencimento nessas datas não haverá a cobrança de juros, se pagas depois do feriado. Mesmo assim, existem alternativas para não deixá-las acumuladas, como o agendamento eletrônico, o pagamento nos caixas eletrônicos e Internet. As casas lotéricas estarão abertas de acordo com a determinação do proprietário.
O comércio dos shoppings terá horário especial na véspera de Ano-Novo, funcionando até as 18h, de acordo com o Sindilojas. Os estabelecimentos localizados nas ruas poderão ficar abertos até as 19h. Os supermercados estarão fechados no primeiro dia de 2014. Na véspera, funcionarão com horário reduzido. A previsão é de movimentação intensa, principalmente para quem deixou para comprar os itens da ceia na última hora. Entre os produtos que terão maior venda estão as lentilhas, a carne suína, o espumante e as demais bebidas.

A Farmácia de Medicamentos Especiais, na avenida Borges de Medeiros, terá expediente até o meio-dia na segunda-feira. Na terça e quarta, não funcionará. O Hemocentro/RS, na avenida Bento Gonçalves, estará aberto para doações de sangue das 9h às 12h na terça. Em função da distribuição de sangue aos hospitais conveniados, o Hemocentro funciona 24 horas. As agências do FGTAS/Sine terão expediente na terça, das 8h30min às 12h.

Em Porto Alegre, as feiras, mercados do produtor e feira ecológica terão horários diferenciados. As localizadas nos bairros São Geraldo, Teresópolis, Humaitá, Azenha, Jardim Botânico, Partenon e Santa Tereza só voltam a funcionar dia 2. Já as de Camaquã, Itu Sabará, Jardim Leopoldina, Vila Nova, Restinga e Rubem Berta fecham entre 30 de dezembro e 7 de janeiro. As feiras do Parque dos Maias e Sarandi não funcionam nesta sexta e nos dias 2 e 3. A do bairro Petrópolis não abre no dia 1.

Terão mudança de horário as feiras do Jardim São Pedro (segunda, das 15h30min às 20h); Terminal Alameda (terça, das 9h às 14h30min); Mercadão da Azenha (terça, das 8h às 16h); na Cidade Baixa (terça, das 6h30min às 12h30min) e o Mercadão do Partenon (terça-feira, das 9h às 14h30min).




80 mil devem sair via Rodoviária

No Rio Grande do Sul, o local mais procurado para se passar a virada do ano é o Litoral. Pela Rodoviária de Porto Alegre, 80 mil pessoas deverão deixar a Capital e o principal destino são as praias. O movimento deverá começar hoje e terminar apenas na quarta-feira, com o retorno. Cerca de 60% dos horários foram vendidos. A Rodoviária colocou 700 horários extras para o Ano-Novo, além dos 600 fixos.

E para evitar transtornos, a orientação da direção da Rodoviária é antecipar a compra das passagens. Para isso, um dos canais é o site www.rodoviaria-poa.com.br, onde podem ser consultados os horários disponíveis.
Quem pretende pegar a estrada deve ter atenção. A previsão é de movimentação acentuada desde hoje. Segundo a Concepa, deverão passar pela freeway em direção ao Litoral 55 mil veículos hoje e mais 72 mil no sábado. Os motoristas deverão ter atenção redobrada na quarta e quinta-feira, quando o fluxo de retorno deverá ser acentuado. O serviço de emergência pode ser acionado pelo telefone 0800-6472000.

A Univias projeta grande circulação na ERS 040. São esperados 14,5 mil veículos. No sábado a movimentação será maior, sendo estimada a passagem de 18,1 mil veículos ao Litoral. No domingo, a circulação será grande nos dois sentidos. Em direção ao Litoral, 8,4 mil veículos vão passar pela rodovia e no sentido Capital, 12,7 mil. A emergência da Univias pode ser acionada pelo telefone 0800-9791133.

Atenção para as opções de lazer
O feriado de Ano-Novo altera o horário de funcionamento de algumas atividades de lazer em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul. Na Capital, o serviço do city tour Linha Turismo do Centro Histórico funcionará na terça-feira, em todos os horários. As saídas estão programadas para as 9h, 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h. No dia 1, não haverá o serviço. O ingresso custa R$ 18,00 em dias úteis e R$ 20,00, aos finais de semana. Mais informações devem ser buscadas pelo telefone (51) 3289-0176.

O parque Germânia, localizado no bairro Jardim Europa, abrirá nos dias 31 de dezembro e 1 de janeiro às 8h e fechará às 18h. Os sanitários vão funcionar das 9h às 15h.

O Centro Estadual de Treinamento Esportivo (Cete), no bairro Menino Deus, funciona na terça, das 7h às 12h. Na quarta-feira, estará fechado para o público. O Parque Zoológico de Sapucaia do Sul e o Jardim Botânico, em Porto Alegre, não abrirão nos dias 31 de dezembro e 1 de janeiro. A Casa de Cultura Mario Quintana também não terá expediente nesses dois dias.

Em outros estabelecimentos o horário será diferenciado. O Museu de Arte do Rio Grande do Sul, o Museu de Arte Contemporânea do RS e o Memorial do RS fecharão terça e quarta-feira. Já os museus da Comunicação Hipólito José da Costa e o Júlio de Castilhos terão expediente matutino no dia 31 de dezembro, fechando no feriado.
Na Capital, os shoppings também terão horários diferenciados de funcionamento. O DC Navegantes abre na terça-feira, das 9h às 16h, e na quarta, estará fechado. Os demais shoppings abrem na véspera do Ano-Novo, mas na quarta-feira terão funcionamento opcional.


Programado Réveillon no Gasômetro

Com 12 minutos de fogos, o tradicional Réveillon na Usina do Gasômetro deve receber, no mínimo, 80 mil pessoas na terça. Junto ao Guaíba, será montado o palco que receberá, a partir das 20h30min, Nenhum de Nós, Papas da Língua e Banda Saldanha. O DJ Claudinho Pereira tocará nos intervalos e o apresentador da festa será o coordenador de Programação da Rádio Guaíba, Gerson Pont.

"Esperamos uma reprise do sucesso do ano passado", disse o coordenador de Música da Secretaria Municipal da Cultura, Jorge André Brites. Ele disse que está prevista uma grande estrutura para o palco e balsas no Guaíba, onde serão queimados os fogos de artifícios no momento da virada. O estacionamento será no trecho ainda não liberado da avenida Beira-Rio. Na avenida Presidente João Goulart, funcionará o ponto de táxi.

Fonte: Correio do Povo 

 

Aprovada verba da CEEE para o Estado

Governo venceu disputa com oposição, que impôs restrições à proposta

Polêmico desde que chegou à Assembleia em novembro, o projeto do Executivo que transfere R$ 1,3 bilhão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) - e a responsabilidade do pagamento da pensão de 1.402 ex-servidores autárquicos - para o Estado, foi aprovado durante a sessão extraordinária de ontem. Uma emenda da bancada tucana, aprovada com a ajuda do voto do deputado petista Daniel Bordignon, carimbou os recursos, criando conta específica no Banrisul para o montante transferido. O governo esperava depositar os recursos diretamente no caixa único do Estado para aproveitá-los em investimentos.

Enquanto cerca de dez ex-servidores da CEEE, munidos de cartazes, gritavam das galerias pela rejeição do projeto, o presidente da companhia, Gerson Carrion, fazia lobby na antessala do plenário. "Esses que estão aí reclamando ganham acima do teto", comentou Carrion sobre os aposentados que protestavam nas galerias. Ele comemorou a aprovação da matéria e disse ter convicção de que a emenda da oposição será vetada - apesar de não fazer diferença para a CEEE transferir o dinheiro para o caixa único ou para conta específica. "Prevaleceu a questão de Estado. É bobagem o proposto pela emenda. O recurso entra no caixa único, mas as responsabilidades vinculadas são honradas."

Segundo Carrion, a CEEE corria risco de perder a concessão da Agência Nacional de Energia Elétrica caso não passasse o pagamento dos ex-autárquicos da companhia para o Estado. "Esse custo na conta do consumidor não é reconhecido pelo órgão regulador. Era exigência da Aneel cumprir isso até 2015." Anualmente, a CEEE desembolsa R$ 150 milhões para o pagamento da pensão de servidores aposentados pela companhia antes de ser transformada em autarquia.

Piratini vetará emenda restritiva
O Palácio Piratini informou ontem, logo após a aprovação da emenda do PSDB que obriga a transferência dos recursos da CEEE para conta específica no Banrisul, que vetará a proposição. Para derrubar o veto do governo na Casa, posteriormente, é necessário ter quórum qualificado de 28 votos. Apesar da oposição contar com esse número de parlamentares, o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, disse ter convicção de que o veto não tem chances de ser derrubado.

Sobre a inclusão do projeto da CEEE na pauta da sessão extra, a adjunta da Casa Civil, Mari Perusso, justificou que a aprovação era necessária ainda esse ano para não ocasionar uma discussão jurídica. "Mexer em recursos em ano eleitoral poderia não valer para o exercício fiscal."

A manutenção ou a derrubada do veto tende a se manter numa incógnita até o momento da votação, que ocorrerá em fevereiro ou março, já que a apreciação depende de quando a proposição será protocolada na Casa. Nessa data, o deputado Pedro Westphalen (PP) não será mais o presidente da Casa e poderá votar junto com a oposição e não apenas em caso de empate. Mesmo assim, alguns deputados oposicionistas já votaram com o governo em algumas situações em 2013, entre eles, três progressistas.


Fonte: Correio do Povo

As ultimas PIADAS de 2013

Três noites seguidas
Certo dia, a Madame abriu a porta do puteiro e se deparou com um homem alto, de terno.
- No que posso ajudá-lo? – perguntou a Madame.
- Gostaria de ver a Natalie – disse o homem.
- Senhor, Natalie é uma de nossas meninas mais caras… O senhor não quer ver outra de nossas garotas?
- Não, eu quero a Natalie – disse ele.
Minutos depois, apareceu Natalie para explicar ao homem que ela iria cobrar R$1.500 pela visita. Sem pestanejar, o homem mete a mão no bolso e tira um maço de quinze notas de R$100 e entrega à moça.
Então, os dois subiram para um dos quartos e depois de uma hora o senhor saiu muito tranquilo e feliz. Na noite seguinte, o mesmo senhor apareceu de novo querendo ver Natalie. Natalie então disse que era muito raro qualquer visita duas noites seguidas e que nem iria pensar em desconto. Novamente o homem enfiou a mão no bolso e tirou outras quinze notas de R$100 e, na companhia de Natalie, subiu para um dos quartos e depois de uma hora ele se foi.
Quando apareceu pela terceira noite seguida, ninguém podia acreditar. Novamente entregou R$1.500 a Natalie e foram os dois para um dos quartos, para mais uma hora de sexo. Quando terminaram, não se contendo de curiosidade, Natalie comentou com o homem:
- Ninguém nunca requisitou meus serviços por três noites seguidas. De onde você é?
- De Conselheiro Lafaiete MG – respondeu o homem.
- Fala sério? – disse ela
- Minha família é de lá!
- Eu sei – disse o homem – Seu pai faleceu e sou o advogado de suas irmãs.Elas me pediram que lhe entregasse sua parte da herança. R$ 4.500.
Moral da história – há 3 coisas neste mundo que não tem pena da gente:
- A Morte;
- A Receita Federal;
- Um Advogado.
——————————————————————————————————
Humorzinho lusitano
1. Como identificar um estudante português?
Ele copia tudo o que a professora escreve no quadro e quando ela apaga o quadro, ele apaga tudo no caderno também.
2. Como identificar um estudante português menos burro?
Ele não copia nada no caderno porque já sabe que a professora vai apagar mesmo.
3. Como português faz leite em pó?
Congela o leite e depois rala.
4. Como você descobre que a padaria do português foi informatizada?
Ele usa um mouse preso no alto da orelha.
5. O que fazem 17 portugueses na frente do cinema?
Esperam mais um português, pois o filme é proibido para menos de 18.
6. O que tem escrito na sola do sapato do Português?
‘Este lado para baixo’.
7. Por que o carro elétrico não deu certo em Portugal?
Porque depois de uns cem metros o fio se soltava da tomada.
8. Por que o Joaquim não molha a cabeça antes de passar o xampu?
Porque ele usa xampu para cabelo seco.
9. Por que o Manuel guarda uma garrafa vazia na geladeira?
Porque sempre aparece alguém que bebe nada na casa dele.
10. Por que o Manuel só usa roupa molhada?
Porque na etiqueta vem escrito: ‘Lave antes de usar’.
11. Por que o português assiste comédia na última cadeira do cinema?
Porque quem ri por último, ri melhor.
12. Por que o português coloca pastel dentro do leite?
Porque ouviu dizer que o leite pastelrizado é mais saudável .
13. Por que o português levou uma escada para o restaurante?
Para comer peixe na telha.
14. Por que o português não pega ônibus?
Porque está escrito: ‘Mantenha distância’.
15. Por que o português não toma banho na primavera e no outono?
Porque o chuveiro dele só tem a chave Inverno/Verão.
16. Por que os portugueses deixam a televisão ligada o dia inteiro nos fins de semana?
Para quando for segunda-feira eles assistirem à ‘Tela Quente’.
17. Por que os portugueses não fecham a porta quando vão ao banheiro?
Para ninguém olhar pelo buraco da fechadura.
18. Porque os portugueses não usam queijo ralado no macarrão parafuso?
Porque farinha de rosca combina melhor.
19. Qual a diferença do vinho português para os outros vinhos europeus?
Embaixo da garrafa vem escrito: ‘a rolha é do outro lado.’
20. Um clube pegou fogo em Portugal.. Morreram todos carbonizados. Sabe por quê?
Não deixaram os bombeiros entrarem porque eles não eram sócios.
——————————————————————————————————
Coisas que deixarão de fazer parte das nossas vidas nos próximos anos
Se essas nove mudanças são boas ou más depende em parte de como nós nos adaptamos a elas. Mas, estejamos prontos ou não, elas vão acontecer.
1. O Correio
Prepare-se para imaginar um mundo sem Correios. Eles estão afundando tanto em problemas financeiros que provavelmente não há maneira de sustentá-los a longo prazo. E-mail, FedEx, DHL e UPS têm praticamente dizimado a receita mínima necessária para manter os Correios vivos. A maioria do que você recebe pelo correio todos os dias é ”lixo” e contas.
2. O cheque
A Grã-Bretanha já está preparando o terreno para acabar com o cheque até 2018. O processamento de cheques custa bilhões de dólares por ano ao sistema financeiro. Cartões plásticos e transações on-line vão levar à eventual extinção do cheque. Isto joga direto para a morte dos Correios. Se você nunca pagar suas contas pelo correio e nunca receber os boletos pelo correio, os Correios absolutamente estarão fora do negócio.
3. O jornal
A geração mais jovem simplesmente não lê jornal. Eles certamente não assinam um jornal impresso que lhes seja entregue. Isso pode acontecer como foi com o leiteiro e o tintureiro. Quanto a ler o jornal on-line, prepare-se para pagar por isso. O aumento dos dispositivos móveis de Internet e e-readers tem motivado todos os jornais e editoras de revistas para formar alianças. Eles reuniram-se com a Apple, Amazon, e as grandes empresas de telefonia celular para desenvolver um modelo de serviços de assinatura paga.
4. O livro
Você diz que nunca vai desistir do livro físico que você segura em sua mão e vira as páginas. Eu disse a mesma coisa sobre o download de música do iTunes. Eu queria que meu CD tivesse cópia impressa. Mas eu rapidamente mudei de ideia quando eu descobri que eu poderia obter álbuns pela metade do preço sem sair de casa para conseguir a última música. A mesma coisa vai acontecer com os livros. Você pode navegar em uma livraria on-line e até mesmo ler um capítulo pré-visualizado antes de comprar. E o preço é menos da metade de um livro real. E pensar na conveniência! Uma vez que você começar movendo os dedos na tela em vez do livro, você vai se achar perdido na história, e não pode esperar para ver o que acontece a seguir, e você se esquece de que está segurando um gadget em vez de um livro.
5. O telefone fixo
A menos que você tenha uma família grande e faz muitas chamadas locais, você não precisa mais do telefone fixo. A maioria das pessoas o mantém simplesmente porque sempre o tiveram. Mas você está pagando encargos duplos para este serviço. Todas as empresas de telefonia celular permitem chamar os clientes do mesmo provedor de celular sem nenhum custo adicional.
6. Música
Esta é uma das partes mais tristes da história da mudança. A indústria da música está morrendo uma morte lenta. Não apenas por causa de downloads ilegais. É a falta de oportunidade para a nova música inovadora chegar às pessoas que gostariam de ouvi-la. A ganância e a corrupção é o problema. As gravadoras e os conglomerados de rádio estão simplesmente se auto-destruindo. Mais de 40% das músicas compradas hoje são “Itens de Catálogos”, o que significa a música tradicional com a qual o público está familiarizado. Os mais antigos artistas consagrados. Isto também é verdade no circuito de concertos ao vivo. Para explorar este tema fascinante e perturbador ainda, confira o livro, “Appetite for Self-Destruction”, de Steve Knopper, e o documentário em vídeo, “Antes que a música morra.”
7. Televisão
As rendas das redes tem caído drasticamente. Não apenas por causa da economia. As pessoas estão assistindo TV e filmes transmitidos a partir de seus computadores. E elas estão jogando e fazendo muitas outras coisas que ocupam o tempo que costumava ser gasto assistindo TV. Shows de horário nobre degeneraram abaixo do menor denominador comum. Taxas de TV a cabo estão subindo rapidamente e os comerciais rodam a cada 4 minutos e 30 segundos. Eu digo boa viagem para a maior parte de tudo isso. É hora das companhias de cabo serem postas para fora de nossa miséria. Deixem as pessoas escolher o que querem assistir on-line e através de Netflix.
8. As coisas que você possui
Muitos dos bens que usamos e possuímos nós não poderemos realmente possui-los no futuro . Eles podem simplesmente residir na “nuvem “. Hoje o seu computador tem um disco rígido e armazena suas fotos, músicas, filmes e documentos. O software está em um CD ou DVD, e você sempre pode reinstalá-lo se for necessário. Mas tudo isso está mudando. Apple, Microsoft e Google estão terminando seus últimos “serviços em nuvem”. Isso significa que quando você ligar o computador, a Internet vai ser incorporada ao sistema operacional. Assim, o Windows, o Google, e o Mac OS serão vinculados diretamente para a Internet. Se você clicar em um ícone, ele vai abrir algo na nuvem Internet. Se você salvar alguma coisa, ela será salva para a nuvem. E você pode pagar uma taxa de assinatura mensal para o provedor de nuvem. Neste mundo virtual, você pode acessar a sua música ou os seus livros, ou qualquer coisa do gênero a partir de qualquer computador portátil ou dispositivo portátil. Essa é a boa notícia. Mas, se você realmente possui alguma dessas “coisas” tudo será capaz de desaparecer a qualquer momento em um grande “Poof “. Será que a maioria das coisas em nossas vidas é descartável e caprichosa? Isso faz você querer correr para o armário e retirar o álbum de fotos, pegar um livro da prateleira, ou abrir uma caixa de CD e apertar a inserção.
9. Privacidade
Se já houve um conceito que podemos olhar para trás com nostalgia seria a privacidade. Isso acabou. Ela se foi há muito tempo de qualquer maneira. Há câmeras na rua, na maior parte dos edifícios, e até mesmo em seu computador e celular. Mas você pode ter certeza que 24 horas por dia, 7 dias na semana, “Eles” sabem quem você é e onde você está, até as coordenadas GPS, e o Google Street View. Se você comprar alguma coisa, o seu hábito é colocado em um zilhão de perfis e os seus anúncios serão alterados para refletirem os hábitos. “Eles” vão tentar levá-lo a comprar algo mais. Uma e outra vez. Tudo o que tivermos perdido e que não pode ser alterado são “Memórias”… E então, provavelmente, o Alzheimer vai tirar isso de você também!
——————————————————————————————————
Moral da criação
A única prova de que Deus é homem é que se ele fosse mulher não faria a Terra, o Sol, o Universo… Ficaria apenas sentado dando palpites.
——————————————————————————————————
Moral do casamento
Um bom casamento exige que o homem seja surdo e a mulher cega!
——————————————————————————————————
Mãe na terceira idade
Depois de ela ter o filho, os amigos da velhinha ficaram encantados e foram visitar a criança. A todo momento pediam para ver a criança, e a velha desconversava. Lá pelas tantas, os amigos reclamaram:
- Poxa vida, nós viemos aqui, encantados em ver que você conseguiu engravidar, e você não nos deixa ver a criança? O que aconteceu?
- Nada, droga! – responde a mamãe idosa – só estou esperando o bebê chorar pra eu me lembrar de onde coloquei ele!
——————————————————————————————————
Estágio na Nasa
A Nasa enviou ao espaço três macacos e um estagiário. Acompanhe o diálogo na espaçonave:
Nasa para nave:
- Configurar painel de controle da espaçonave, Macaco n° 1!
Macaco nº 1 para a Nasa:
- Configuração efetuada!
Nasa para nave:
- Verificar pressurização da espaçonave, Macaco nº 2!
Macaco nº 2 para a Nasa:
- Pressurização verificada!
Nasa para a nave:
- Alinhar a rota da espaçonave, Macaco nº 3!
Macaco nº 3 para a Nasa:
- Rota alinhada!
Nasa para o estagiário:
- Chamando estagiário…
Estagiário para a Nasa, mais do que depressa:
- Já sei, já sei, põe comida pros macacos, e não mexe em nada!
——————————————————————————————————
Comprando passagem 
No guichê da Rodoviária de São Paulo, o português presta atenção na forma como o brasileiro que está na sua frente pede uma passagem ao vendedor:
- Aparecida, ida.
Finalmente, chega a vez de o português pedir a sua passagem.
Resoluto, certo de que aprendeu como deve proceder, ele se dirige ao vendedor:
- Ubatuba, uba.
——————————————————————————————————
Roubo no carro da loira
Uma loira ligou para a polícia para avisar que ladrões tinham entrado em seu carro:
- Eles levaram o painel do carro, o volante, o pedal do freio, do acelerador e até a alavanca do câmbio! – reclamou ela, irada.
Antes que a viatura saísse para atender o chamado, o telefone tocou de novo e a mesma loira explicou:
- Desculpa aí… sou eu de novo! É que sem querer eu entrei pela porta errada e sentei no banco de trás… dá para retirar a queixa?
——————————————————————————————————
No banco de trás
Maria está no carro com o namorado Joaquim num namoro desenfreado.
Beijo pra lá, beijo pra cá e às tantas…
- Não quer ir para o banco de trás? (diz ele, visivelmente excitado)
- Para o banco de trás? Não.
Bom, o namoro continua, mais beijo, mais aperto, mais amasso e…
- Não quer mesmo ir para o banco de trás? (diz ele, ainda com mais vontade)
- Não, não quero.
O pobre rapaz, já meio desnorteado, continua no beija-beija, esfrega-esfrega até que…
- Tem certeza de que não quer ir para o banco de trás? (já desesperado)
- Mas que coisa! Já te disse que não! Claro que não!
Desesperadíssimo, pergunta:
- Mas por quê?
- Porque prefiro ficar aqui, perto de você.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Dedetização leva vizinhos a acionar os bombeiros na Capital

Fumaça saída de agência bancária do Santander nesta quinta-feira

Acionado por moradores, o Corpo de Bombeiros deslocou uma viatura, na noite desta quinta-feira, para averiguar o relato de que um incêndio ocorria em uma agência do banco Santander na avenida Nilo Peçanha, em Porto Alegre. Apesar da fumaça que assustou a vizinhança, no bairro Petrópolis, os militares constataram, ao chegar ao local, que a unidade era submetida, apenas, a um processo de dedetização.


Fonte: Rádio Guaíba 

Contran publica resolução que prevê multas de trânsito por vídeo

Equipamentos de vigilância em estradas poderão ser usados para registrar infrações

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou resolução que regulamenta a fiscalização de estradas e rodovias por intermédio de videomonitoramento. A medida, publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira, prevê que os sistemas de videomonitoramento empregados para policiar vias públicas e operar o trânsito poderão ser utilizados para autuar motoristas que praticarem infrações prevista no Código Brasileiro de Trânsito (CTB).

"A autoridade ou o agente da autoridade de trânsito, exercendo a fiscalização remota por meio de sistemas de videomonitoramento, poderá autuar condutores e veículos", informa a resolução. O texto assinala ainda que, quando ocorrer a multa, a autoridade ou o agente da autoridade de trânsito, responsável pela lavratura do auto de infração, deverá registrar qual foi o instrumento que permitiu a observação da falta.

O Contran acrescenta que a medida vai contribuir para inibir a "prática de condutas infratoras que, não raras vezes, ceifam vidas em acidentes de trânsito". A resolução que já era prevista no CTB, entrou em vigor na data de publicação e somente poderá ser aplicada nas vias que estejam devidamente sinalizadas para esse fim.


Fonte: Agência Brasil