sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Rodoviários decidem manter a greve geral em Porto Alegre

Acordo firmado com o TRT na quinta-feira seguirá sem ser espeitado

Os rodoviários de Porto Alegre decidiram manter a greve geral dos ônibus. A decisão foi tomada em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira, no ginásio Tesourinha. A categoria decidiu que não irá respeitar o acordo firmado no Tribunal Regional do Trabalho ontem, que estipulava 50% da frota em circulação e uma espécie de "trégua" de 12 dias, a contar deste sábado.

Com a medida, Porto Alegre segue sem transporte coletivo nas ruas.


Fonte: Correio do Povo 

Funcionários dos Correios mantêm greve por tempo indeterminado

Categoria está paralisada desde quinta-feira

Crédito: Tarsila Pereira
 
Os funcionários dos Correios decidiram manter a greve iniciada ontem. A decisão foi tomada em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira.

Os grevistas alegam que o processo de implantação do Postal Saúde, gerenciado por uma subsidiária dos Correios, vai diminuir os benefícios da categoria e encarecer o serviço. “Atualmente pagamos 10% sobre as consultas e procedimentos realizados, mas se não utilizarmos não pagamos nada. Agora querem que paguemos taxas mensais e impedir os dependentes. É um corte injusto com a categoria que tem muitos problemas de pele e de coluna”, sustenta.

O movimento também reivindica a modificação nos horários de entregas que atualmente acontecem a partir das 13h. Os trabalhadores vão manter a mobilização nas agências na próxima segunda-feira e devem realizar assembleia para definir a continuidade do movimento.

Os Correios informaram que não há ilegalidade nas modificação do plano de saúde. A estatal afirma que seguiu determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para regulamentar o benefício. A empresa alega que os benefícios serão mantidos, incluindo cadastro de dependentes, rede credenciada e cobertura de procedimentos.  


 

Novo ônibus de Porto Alegre


Sobe para 17 o número de pontos impróprios para banho no RS

Litoral Norte permanece com quatro locais sem condições adequadas

Subiu para 17 o número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul, de acordo com relatório divulgado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) nesta sexta-feira. Na última semana, o Estado tinha 10 locais sem as condições adequadas.

O Litoral Norte permanece com quatro pontos impróprios. A Fepam alerta que os índices em três desses locais melhoraram, mas ainda estão abaixo do limite estabelecido. Já no Litoral Médio a situação favorável se alterou. Na última semana, todos os 19 pontos estavam com condições adequadas. Porém, o relatório divulgado nesta sexta apresenta três locais inadequados.

No Litoral Sul, a situação própria para banho permanece em todos os cinco pontos analisados: no balneário de Piratini, em Pedro Osório; no balneário do Pontal, em Arroio Grande; no balneário do Porto (na Lagoa Mirim), e na praia do Hermenegildo e do Chuí, em Santa Vitória do Palmar.

Confira os pontos impróprios para banho no Estado:

Litoral Norte

Foz do Rio Mampituba, em Torres
Foz do Arroio do Sal, na praia de mesmo nome
Praia de Atlântida, em frente à Saba
Praia de Xangri-lá, junto à rua Rio Tainhas.

Litoral Médio

Camping do Pinvest, em Tapes
Em frente ao Hotel, em Tapes
Praia da Capilha, na Lagoa Mirim, em Rio Grande

Na Região Hidrográfica do Guaíba

Praia Recanto das Mulatas, em Barra do Ribeiro
Praia Nova, em Cachoeira do Sul
Sans Souci, em Eldorado do Sul
Praias da Alegria, em Guaíba
Praias da Florida, em Guaíba
Balneário Nova Palma, em Nova Palma
Balneário das Tunas, em Restinga Seca

Região Hidrográfica do Uruguai

Balneário de Rainha do Sol, em Manoel Viana
Balneário de Jacaquá, em São Francisco de Assis
Praia do Passo Real, em Dom Pedrito



Fonte: Correio do Povo

Governo do RS descarta necessidade de uso da Força Nacional

Executivo diz que convocação só pode ser feita pelo Governador do Estado, e não por prefeituras

Após o prefeito José Fortunati anunciar que estuda solicitar ajuda da Força Nacional de Segurança (FNS) para garantir a circulação dos ônibus em Porto Alegre, o Governo do Estado emitiu nota descartando realizar o pedido. De acordo com o Decreto Lei de nº 7.957, de 12 de março de 2013, a FNS só será empregada “mediante solicitação expressa do respectivo Governador de Estado, do Distrito Federal ou de Ministro de Estado”.

O Governo do Estado ainda garante não ter recebido pedido da prefeituta da Capital para intervir no conflito entre rodoviários e empresas de ônibus. Na nota, o Executivo estadual defende a postura que a Brigada Militar tem tomado. “A Brigada Militar está cumprindo rigorosamente as suas funções constitucionais, acompanhando uma situação que é tipicamente de dissídio coletivo dos rodoviários, que vem sendo mediado pelo TRT da 4ª. Região de maneira adequada. As ações da BM, relativamente aos piquetes dos trabalhadores, devem ser orientadas por ordem judicial e não por determinação do Comando da Brigada ou do secretário de Segurança”, diz a nota.

Mais cedo, José Fortunati garantiu já ter um ofício preparado para pedir apoio da Força Nacional. O prefeito da Capital afirmou que iria esperar até o "meio da tarde" por uma posição do Governo do Estado antes de enviar o pedido ao Ministério da Justiça.

“Não podemos ficar assistindo a esse impasse sem novas negociações. Estamos em tratativas com o governo do Estado, mas não temos ainda uma resposta afirmativa. Na verdade, todos os contatos feitos ainda não resultaram em uma posição oficial. Vou continuar insistindo. Se até o meio da tarde nós não tivemos êxito com a força estadual, já tenho um oficio preparado para enviar ao ministro da Justiça pedindo a Força Nacional”, declarou Fortunati.


Confira a nota do Governo do Estado na íntegra:

"Esclarecimentos do Governo do Estado quanto à greve dos rodoviários em Porto Alegre

1. O Governo do Estado não recebeu nenhuma demanda da Prefeitura de Porto Alegre para qualquer ação relativa ao conflito trabalhista dos rodoviários em curso - seja em matéria de segurança, seja em relação ao conflito trabalhista propriamente dito.

2. A Brigada Militar está cumprindo rigorosamente as suas funções constitucionais, acompanhando uma situação que é tipicamente de dissídio coletivo dos rodoviários, que vem sendo mediado pelo TRT da 4ª. Região de maneira adequada.

3. As ações da Brigada Militar, relativamente aos piquetes dos trabalhadores, devem ser orientadas por ordem judicial e não por determinação do Comando da Brigada ou do secretário de Segurança, pois isso seria extravasar a competência constitucional da corporação e transformar um conflito coletivo do trabalho numa questão política de Estado, como ocorria nas épocas do regime de exceção.

4. A Força Nacional só pode ser convidada a atuar no Rio Grande do Sul pelo Governo do Estado, não por prefeituras. Não há nenhuma necessidade de atuação da Força Nacional no Rio Grande do Sul nas atuais circunstâncias: dissídio coletivo do Trabalho se resolve por negociação ou por julgamento no TRT, não pela coação física de trabalhadores ou de empresários.

5. O Governo do Estado está, como sempre esteve, à disposição das autoridades do Poder Judiciário Trabalhista para colaborar na solução do conflito coletivo, sob orientação deste, já que a questão está judicializada".



Fonte: Correio do Povo  

Polícia apreende 14 pés de maconha em Viamão

Homem de 36 anos foi preso em flagrante

Crédito: Samuel Maciel
 
Agentes do 18º Batalhão de Brigada Militar apreendeu 14 pés de maconha, entre 80 centímetros e 1 metro de altura, na Estrada da Pimenta, no distrito de Águas Claras, em Viamão. A ação ocorreu nessa quinta-feira. O dono da casa onde se encontrava a droga, de 36 anos, foi preso em flagrante. Ele já havia sido detido por furto anteriormente.  
 
 
Fonte: Correio do Povo 

 

AO VIVO: Sessão da Câmara de Vereadores de Guaíba

Aqui você pode assistir ao vivo as sessões da Câmara de Vereadores de Guaíba, todas as terças às 18h. 

Requisitos: É necessário que tenha o Windows Media Player ou player compatível, conexão com no mínimo 512kbps de velocidade.
Caso seu navegador de internet não consiga visualizar o vídeo acima, tente acessar via Internet Explorer e libere a execução do plugin solicitado.

Fonte: Câmara dos Vereadores de Guaíba

Fortunati tem ofício preparado para pedir ajuda da Força Nacional

Prefeito encaminhou pedido para que Justiça solicite intervenção da BM

O prefeito José Fortunati garantiu já ter um ofício preparado para pedir apoio da Força Nacional de Segurança para que os ônibus possam circular em Porto Alegre. Fortunati voltou a questionar a postura que a Brigada Militar (BM) tem tomado desde o começo da greve e deu um prazo “até o meio da tarde” para uma resposta do governo do Estado. Se isso não ocorrer, ele irá enviar o pedido ao Ministério da Justiça. O prefeito revelou ainda já ter entrado com um pedido para que o Tribunal Regional do Trabalho solicite intervenção da BM.
“Não podemos ficar assistindo a esse impasse sem novas negociações. Estamos em tratativas com o governo do Estado, mas não temos ainda uma resposta afirmativa. Na verdade, todos os contatos feitos ainda não resultaram em uma posição oficial. Vou continuar insistindo. Se até o meio da tarde nós não tivemos êxito com a força estadual, já tenho um oficio preparado para enviar ao ministro da Justiça pedindo a Força Nacional”, declarou Fortunati, que admitiu solicitar ainda que soldados da Brigada Militar dirijam os ônibus caso os rodoviários se neguem a voltar ao trabalho.

“Esse pedido será formalizado ao Governo do Estado. Nós estamos buscando informações. Sabemos que existe um grande contingente de soldados preparados, especialmente para a Copa do Mundo, para dirigirem ônibus. Estão habilitados de forma adequada para tal, não é apenas ter a carteira. Esse será um pedido feito também ao Governo do Estado para que disponibilize, além da segurança externa, se for o caso, profissionais para poderem dirigir os nossos ônibus”, completou.

Prefeito quer nova reunião no TRT
Depois de o acordo firmado na quinta-feira não ter sido cumprido pelos rodoviários nesta sexta, Fortunati enviou pedido para que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) convoque uma nova reunião entre trabalhadores, empresários e prefeitura à tarde para tentar solucionar o impasse.

“Solicitei ao TRT que convoque uma nova audiência entre patrões e empregados, em que nós participaremos, ainda na tarde de hoje. São dois pedidos. O primeiro é de que o Tribunal solicite que a Brigada Militar cumpra o seu papel e o segundo para que seja marcada uma nova audiência. Não podemos passar o final de semana e chegar na segunda-feira sem que uma nova negociação aconteça”, declarou Fortunati.



Fonte: Correio do Povo 

Plantão de Notícias: Câmara de Vereadores de Guaíba

O projeto que cria mais dois cargos de assessores, para cada vereador de Guaíba, foi aprovado por UNANIMIDADE.

Rodoviários descartam voltar ao trabalho antes de assembleia

Encontro da categoria está marcado para as 17h no ginásio Tesourinha

Crédito: Tarsila Pereira
 
Apesar do acordo firmado pelo Sindicato dos Rodoviários nessa quinta-feira com a entidade patronal e a prefeitura no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os ônibus não voltaram a circular na Capital nesta sexta. Os trabalhadores têm assembleia marcada para o fim da tarde, às 17h, no ginásio Tesourinha e prometem não retornar ao trabalho antes dessa reunião.
 
“Estamos com um impasse muito grande. Ficou definido no TRT que nós temos que trabalhar. Só que todas as nossas decisões acontecem em um ginásio fechado através de uma ata, onde os rodoviários avaliam se as propostas são boas. Até agora as propostas não chegam perto do que estamos pedindo. Hoje, às 17h, vamos reafirmar o nosso grito de guerra. Não concordamos com o que vem acontecendo, principalmente do prefeito José Fortunati, que está querendo requisitar a Força Nacional para nos obrigar a trabalhar”, disse, em entrevista à Rádio Guaíba, Daniel Chaves, do comando de greve.

Os rodoviários têm uma pauta de reivindicação com 17 itens. Para voltar ao trabalho, eles não abrem mão que quatro deles sejam atendidos: 1) 36 horas de trabalho; 2) aumento de R$ 4,00 no vale-refeição - atualmente de R$ 16,00; 3) Prorrogação do plano de saúde, que se encerra nesta sexta; 4) 14% de aumento salarial. No acordo realizado nessa quinta no TRT, ficou confirmado apenas o aumento de R$ 1,00 no vale-alimentação e a prorrogação do plano de saúde.

Com informações do repórter Dico Reis
Fonte: Correio do Povo  

 

Ônibus seguem fora de circulação em Porto Alegre

Acordo para funcionamento de 50% da frota não foi cumprido nesta manhã 

Crédito: Tarsila Pereira
 
Após os representantes do Sindicato dos Rodoviários entrarem em acordo na reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para o funcionamento de 50% da frota de ônibus nesta sexta-feira, os coletivos ainda não saíram das garagens das empresas nesta manhã. Apenas três veículos da Carris circularam para levar funcionários do Hospital de Ponto Socorro (HPS) ao trabalho.

Logo depois da reunião no TRT, muitos rodoviários se mostraram insatisfeitos com o indicativo de trégua na greve e deixaram a sede do Tribunal gritando que não cumpririam o acordo. Nesta manhã, os trabalhadores organizam piquetes em frente às garagens das empresas. A maior concentração se dá na sede da Carris.

Conforme o presidente da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), Vanderlei Capellari, o sistema de transporte público da cidade sofre um prejuízo diário, aproximado, de R$ 2 milhões. “São custos com ônibus paralisados, depredações e manutenção da cidade”, disse.

Os rodoviários realizam assembleia no final da tarde desta sexta-feira, a partir das 17h, para avaliar a possibilidade de trégua na greve. Trabalhadores e empresários volta a discurtir a negociação salarial a partir da próxima segunda.
 
 
Fonte: Correio do Povo 

 

Começa matrícula para selecionados na segunda chamada do Sisu

Sistema seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Enem

Começa nesta sexta e vai até 4 de fevereiro o prazo para a matrícula dos selecionados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O candidato deve verificar, na instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e os procedimentos para se matricular. O estudante selecionado na primeira opção de curso que não fizer a matrícula estará automaticamente fora do processo.

Quem não foi selecionado em nenhuma das chamadas do Sisu ou foi selecionado na segunda opção de curso, independentemente de ter feito a matrícula, poderá participar da lista de espera. A participação pode ocorrer apenas na primeira opção de vaga do candidato. A adesão à lista pode ser feita até 7 de fevereiro, no site do Sisu. Os estudantes serão convocados a partir do dia 11 de fevereiro.

O sistema seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A primeira edição do Sisu de 2014 registrou cerca de 2,5 milhões de inscritos. Foram ofertadas 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior. O número de vagas é 31% maior do que o registrado na edição do primeiro semestre de 2013. Os cursos mais procurados foram administração, direito, pedagogia e medicina.


Fonte: Agência Brasil

CEEE Informa: Desligamentos Programados (Eldorado do Sul)

04/02/2014 - terça-feira - Eldorado do Sul

08:00 até às 12:30

Bairros Atingidos: ELDORADO 3A PARTE

Ruas Atingidas: EST NOVE 507 1400 EST SETENTA DOIS 640 1086 EST SETENTA SETE 119 119 EST TRINTA E OITO 198 746 EST TRINTA E SEIS 125 1905 EST UM 2312 3500 EST VINTE E SEIS 9 143 RUA IPANEMA - ANTIGA ASMORIO DOIS 11 22 RUA PANAMBI - ANT O 709 709 RUA SESSENTA E DOIS 40 320 RUA SESSENTA E QUATRO 91 1399 RUA SESSENTA E SEIS 200 532 RUA TREZE 1330 1400 RUA TRINTA E TRES 24 671 RUA VINTE E DOIS 124 124 RUA VINTE E QUATRO 190 400 RUA VINTE E SETE 400 411

Motivo: SUBSTITUIÇÃO DE POSTE(S)

Local dos serviços: RUA TREZE

Consumidores atingidos: 210


Os serviços serão realizados somente com tempo bom.

11/02/2014 - terça-feira - Eldorado do Sul

13:30 até às 18:00

Bairros Atingidos: MEDIANEIRA

Ruas Atingidas: ACS E BECO DO BETO 1 67 ACS F - BECO DO BETO 1 45 ACS H 6 15 ACS J - BECO DO BETO 2 39 AV MAL CANDIDO RONDON - ANT RUA B 6 10 RUA BOTAFOGO DOIS 18 20 RUA BOTAFOGO TRES 3 23 RUA BOTAFOGO UM 5 20 RUA CABO HAMILTO GRANDINI - ANT. H 78 78 RUA DR LUIZ H ARAUJO 6 50 RUA EURICO GASPAR DUTRA 92 92 RUA JOAO BATISTA CONZATTI 642 654 RUA LAGEADO 613 824

Motivo: RECONDUTORAMENTO DE REDE

Local dos serviços: RUA LUIZ H. ARAUJO

Consumidores atingidos: 127


Os serviços serão realizados somente com tempo bom.

Fonte: CEEE

CEEE Informa: Desligamentos Programados (Guaíba)

04/02/2014 - terça-feira - Guaíba

13:30 até às 18:00

Bairros Atingidos: PEDRAS BRANCAS

Ruas Atingidas    AV A PEDRAS BRANCAS 10 980 RUA DAS CAPOROROCAS 90 1500 RUA DEZ PEDRAS BRANCAS 31 690 RUA DEZESSEIS P BRANCAS 710 710 RUA DOIS - PEDRAS BRANCAS 846 846 RUA DOZE PEDRAS BRANCAS 1 840 RUA JOSE C FERREIRA 1620 1620 RUA ONZE PEDRAS BRANCAS 5 1040 RUA QUATORZE - PEDRAS BRANCAS 155 1041 RUA QUINZE 300 982 RUA TREZE PEDRAS BRANCAS 35 1354 RUA TRINTA A 106 615 RUA TRINTA E UM 86 433 TRV DAS CAPOROROCAS 174 184 TRV DEZ - VILA PEDRAS BRANCAS 31 353

Motivo: EXECUÇÃO DE PODAS EM VEGETAÇÃO, SUBSTITUIÇÃO DE POSTE(S)

Local dos serviços: AV. PEDRAS BRANCAS

Consumidores atingidos: 491
   
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.


05/02/2014 - quarta-feira - Guaíba

13:30 até às 18:00


Bairros Atingidos: LOTEAMENTO DO ENGENHO

Ruas Atingidas    RUA BRUNO COMERLATO 183 360 RUA CARLOS VENTURA 22 290 RUA JOAO VIDAL 13 13 RUA LOTAR ZENKER 182 243

Motivo: SUBSTITUIÇÃO DE POSTE(S)

Local dos serviços: RUA JOÃO VIDAL

Consumidores atingidos: 51
   
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.


09/02/2014 - domingo - Guaíba

07:00 até às 12:30

Bairros Atingidos: Columbia City

Ruas Atingidas:    ACS A - BOM FIM 20 70 ACS C - BOM FIM 16 64 ACS F - BOM FIM 1 77 AV DR URIAS LUGON 12 295 RUA A BOM FIM 11 186 RUA ADAO RODRIGUES - BOM FIM 10 229 RUA ANTONIO MARTINS - ANT. AA 371 495 RUA ARROIO DOS RATOS 9 364 RUA BUTIA 19 375 RUA C BOM FIM 8 41 RUA CACAPAVA DO SUL 12 436 RUA CAMAQUA 11 311 RUA CC BOM FIM 2 153 RUA COLOMBO S MARQUES 19 461 RUA SAO JERONIMO 16 156 RUA TAPES 1 211 RUA TRIUNFO 25 234 TRV CC DOIS - BOM FIM 16 65 TRV CC UM - BOM FIM 11 24

Motivo: SUBSTITUIÇÃO DE POSTE(S)

Local dos serviços: RUA CAÇAPAVADO SUL, 187

Consumidores atingidos: 538
   
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.


14/02/2014 - sexta-feira - Guaíba

13:30 até às 18:00

Bairros Atingidos: Vila Elza

Ruas Atingidas:    ACS DOIS - IPE 2 ao 25 - ACS QUATRO IPE 27 ao 37 - ACS TRES - IPE 14 ao 38 - ACS UM - IPE 1 ao 13 - AV ASSIS BRASIL 495 ao 1038 - RUA ALBINO HACKAMANN 132 ao 185 - RUA BORGES DE MEDEIROS 34 ao 347 - RUA CINCO 26 ao 76 - RUA DOIS 17 ao 358 - RUA FLORES DA CUNHA 740 ao 972 - RUA JOAO BATISTA LUZARDO 330 ao 430 - RUA JOAO NEVES DA FONTOURA 16 ao 708 - RUA LAURO GUIMARAES 320 ao 410 - RUA LAURO RODRIGUES 14 ao 495 - RUA NOVE 6 ao 50 - RUA OITO 32 ao 67 - RUA OSWALDO ARANHA 574 ao 924 - RUA QUATRO 27 ao 670 - RUA SEIS 24 ao 44 - RUA SETE 33 ao 96 - RUA TRES 11 ao 225 - RUA UM 15 ao 143 -

Motivo: SUBSTITUIÇÃO DE POSTE(S)

Local dos serviços: RUA ASSIS BRASIL

Consumidores atingidos: 601
   
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.

Fonte: CEEE

Atiradores matam duas pessoas em lancheria de Porto Alegre

Dupla deixou carro e chegou disparando contra vítimas na zona Norte

Duas pessoas foram mortas e outra ficou ferida com tiro no pé, em tiroteio na noite desta quinta-feira numa lancheria da zona Norte de Porto Alegre. Conforme a Brigada Militar, dois homens saíram de um carro no Jardim Lindoia e chegaram ao estabelecimento já atirando nas duas vítimas fatais.

O ferido no pé não tinha relação com os dois mortos, que ainda não tiveram a identidade informada. Os disparos partiram de pistolas calibres 9mm e 380.


Fonte: Correio do Povo 

Larissa Osielski foi escolhida a representante do município de Guaíba para o Garota Verão 2014.

Créditos: Maris Strege

Sexta será quinto dia com marcas de 40°C no RS

Calor seguirá intenso no fim de semana, com pancadas de chuva ocasionais

A sexta-feira repete a tendência e será o quinto dia seguido com marcas ao redor de 40ºC no Rio Grande do Sul. O sol aparece com nuvens em quase todo o Estado, mas no Sul e parte do Oeste haverá maior cobertura de nebulosidade com chance alta de chuva, inclusive no começo do dia em alguns pontos.

Nas demais áreas do RS, a instabilidade será localizada da tarde para a noite. Com o ar muito quente sobre o Estado, fica favorecida a formação de nuvens carregadas que trazem chuva forte e temporais em pontos isolados.

As mínimas seguem altas, com 16°C em São José dos Ausentes e 17°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, atingem e podem superar os 37°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 23°C e 37°C.
O Rio Grande do Sul teve nesta quinta o quarto dia seguido com máximas ao redor de 40ºC. Fez 39,6ºC na zona Norte de Porto Alegre. Já no Vale do Sinos, as máximas atingiram 39,0ºC em São Leopoldo e 38,7ºC em Campo Bom. Houve a formação de nuvens muito carregadas à tarde com temporais.

Quaraí teve vento de 89 km/h. Alegrete, de 70 km/h. Vendavais causaram queda de postes, árvores e destelhamentos nos Vales do Caí e Rio Pardo. Queda de eucalipto chegou a bloquear a BR 290 em Pantano Grande. Porto Alegre teve temporal no fim da tarde com chuva forte localizada, rajadas de vento (72 km/h no Aeroporto) e granizo na zona Norte que atingiu ainda Cachoeirinha.

Com a manutenção do calorão no fim de semana, segue o risco de temporais isolados no Estado, alguns até fortes. O calor aumenta muito no domingo e a próxima semana vai ser tórrida.



Fonte: Metsul

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Homem traído é morto a tiros em frente a motel de Guaíba

Um homem foi morto na tarde desta quinta-feira (30) em frente a um motel no bairro Ermo, em Guaíba. Segundo a Polícia Civil, um policial militar e a amante dele estavam no motel, e quando saíam do local, o homem veio em direção ao veículo, sacou um revólver atirou. O disparo, no entanto, acertou o carro.

O PM reagiu e acertou dois tiros nele. Foi quando a mulher reconheceu que a vítima era marido dela. O Samu foi acionado, mas Odair de Freitas Franco, de 31 anos, morreu a caminho do hospital. A Polícia Civil acredita que o PM agiu em legítima defesa.

Serão instaurados inquéritos pelas polícias militar e civil. As duas armas foram recolhidas. O revólver do marido traído tinha numeração raspada.

Conforme a polícia, o brigadiano conheceu a moça há três dias e disse que não sabia do relacionamento. Ela era casada há seis anos, já havia pedido a separação e disse, em depoimento, que o marido negava o divórcio e a ameaçava de morte.


Reportagem: Marcus Bruno
Fonte: Rádio Gaúcha

PM mata marido da amante na saída do motel, em Guaíba

Caso será investigado como legítima defesa, já que vítima teria atirado antes

Um homem de 31 anos foi morto, na tarde desta quinta-feira, em Guaíba, após flagrar a esposa saindo de um motel junto de um policial militar no bairro Ermo. De acordo com a Polícia Civil, a vítima atirou contra a esposa e o amante, acertando o carro. O PM, então, reagiu e alvejou o homem duas vezes. Ele morreu a caminho do Pronto Atendimento da cidade na Região Metropolitana.

Segundo a delegada Sabrina Doris Teixeira, a esposa reconheceu o marido depois dos tiros e afirmou que já havia pedido o divórcio, sem que ele tenha aceitado. Segundo relatos da esposa à delegada, o relacionamento com o policial é recente.

Os dois revólveres foram recolhidos: a arma da vítima tinha numeração raspada. O caso está sendo tratado como legítima defesa. O soldado, de 23 anos, vai responder em liberdade. Foram abertos dois inquéritos - um civil e outro militar para apurar as circunstâncias do ocorrido.


Fonte: Rádio Guaíba 

Governo prorroga prazo para documentação do Passe Livre Estudantil

Data de 7 de março foi definida para garantir comprovação de matrículas com início do período letivo

O Governo do Estado publicou nota, nesta quinta-feira, prorrogando o prazo de entrega da documentação dos estudantes por parte dos municípios que aderiram ao Passe Livre Estudantil. A data final foi marcada para 7 de março, em razão das diferentes datas de início do período letivo nas instituições de ensino, sendo que a comprovação da matrícula é um dos documentos obrigatórios aos estudantes.

A listagem final dos municípios que aderiram ao programa foi definida ainda no ano passado. Em 2014, 347 prefeituras estarão habilitadas para o programa, alcançando quase a totalidade de municípios do Rio Grande do Sul.

O Passe Livre Intermunicipal é destinado a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo, que residam em uma cidade, mas estudem em outra. A União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas (Uges) já solicitou a confecção de 25 carteiras, mas garante o número de pedidos vai aumentar ao longo do mês e no início do próximo ano letivo.


Fonte: Correio do Povo 

Pacientes que perderam consultas pelo SUS devem procurar hospitais

Apenas no Hospital de Clínicas, das 9 mil agendadas, 1,4 mil não ocorreram

Devido à greve dos rodoviários, hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) tiveram redução no comparecimento de pacientes aos consultórios. Somente no Hospital de Clínicas, das 9 mil consultas agendadas entre a última segunda e quarta-feira, 1,4 mil pessoas não compareceram. A administração orientou as pessoas a entrarem em contato com a instituição. Para agendar procedimentos para algumas especialidades, os pacientes devem passar por avaliação da equipe assistencial.

Já no Hospital Conceição, não houve um número substancial de pessoas que deixaram de ir à instituição. Mesmo assim, os pacientes são orientados a ligar antes de comparecer à casa de saúde para reagendar pessoalmente a consulta. Conforme a especialidade, há dia específico para marcar atendimentos.

No Hospital da PUC, 16% dos pacientes não compareceram às consultas nesta quarta-feira, mas a direção explica que a média de abstenção é semelhante em dias normais. A segunda-feira teve o maior número de faltantes, quando 20% das 841 consultas não foram realizadas.

No Complexo da Santa Casa registrou 122 faltas no setor de convênios, mas não divulgou quantas haviam sido agendadas. Já a ala de consultas pelo SUS teve poucos faltantes, segundo a instituição.


Fonte: Rádio Guaíba

Pelo menos 15 mil estão sem luz por conta de temporal em Porto Alegre

Principais pontos afetados estão nas zonas Norte e Leste da Capital

Aguardada para amenizar o calor, a chuva veio acompanhada de vento forte que causou danos à rede elétrica da Capital. Por conta disso, pelo menos 15 mil clientes estão sem energia elétrica. nesta quinta-feira, em Porto Alegre. De acordo com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), os consumidores afetados se encontram nos bairros São Geraldo, Jardim Carvalho, Agronomia e localidades próximas. Ainda não há previsão para restabelecimento do serviço.


Fonte: Rádio Guaíba

Cade decide abrir processo contra operadora Oi

Órgão vai investigar supostas infrações à ordem econômica

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu abrir processo administrativo contra as empresas Telemar Norte Leste e Brasil Telecom, do Grupo Oi, para investigar supostas infrações à ordem econômica. A decisão consta de despacho da Superintendência-Geral do órgão publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 30.

A denúncia foi representada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O documento no Diário Oficial cita que a instauração do processo está baseada nas leis que regulam a concorrência no País, mas não especifica as ações que poderiam caracterizar a conduta anticompetitiva das operadoras. As empresas têm 30 dias para apresentar sua defesa ao Cade.


Fonte: AE

Procissão de Navegantes terá esquema especial de trânsito

Cortejo religioso sairá às 8h de domingo da Igreja do Rosário

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) montou um esquema especial de trânsito para a 139ª Procissão de Nossa Senhora dos Navegantes, que acontecerá no próximo domingo, dia 2 de fevereiro. O cortejo sairá às 8h da Igreja do Rosário em direção a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, com tempo previsto para o deslocamento de aproximadamente duas horas, percorrendo o seguinte itinerário:

- Rua Vigário José Inácio, av. Mauá, av. Castelo Branco (pista Centro-bairro), av. Sertório até a Praça em frente à Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes.

Agentes da EPTC realizarão bloqueios de trânsito e desvios em diversas linhas de transporte urbanas e metropolitanas, somente durante o deslocamento dos fiéis. Outras informações podem ser obtidas no fone 156 Fala Poa.


Fonte: Rádio Guaíba

Mafalda, a "menina" fã de Beatles e revolucionária, completa 50 anos

Personagem de quadrinhos criada pelo argentino Quino apareceu pela 1ª vez no jornal em setembro de 64

Crédito: Nicolas Tucat / AFP / CP
 
A menina anticonformista criada por Quino em 1964 completa 50 anos sem perder a atualidade porque muitas das coisas que ela questionava continuam sem solução na Argentina e no mundo, afirma o famoso autor.

"Às vezes fico surpreso como algumas tiras desenhadas há mais de 40 anos ainda podem ser aplicadas a questões de hoje", declarou o roteirista e desenhista argentino de 81 anos, em uma entrevista por e-mail à AFP de Madri, onde mora parte do ano.

O restante do tempo ele vive em Buenos Aires. Por motivos de saúde não compareceu ao Festival Internacional de Quadrinhos de Angulema (sudoeste da França), que montou uma exposição em homenagem a Mafalda.

Através do olhar crítico da menina de classe média, Quino apresentou a própria visão anticonformista do mundo. Não gosta de futebol - diz que não entende - e que foi apenas duas vezes a um estádio. Mafalda não gosta de sopa e critica o mundo dos adultos.

Seus temas favoritos são os problemas econômicos e sociais, as desigualdades, a injustiça, a corrupção, a guerra e o meio ambiente.

"Sem ir muito longe, ano passado saiu na Itália um livro sobre Mafalda. O mais incrível é como muitas histórias pareciam
fazer referência direta à campanha de Berlusconi", comenta.

Revanche imediata Há exposições previstas na Argentina, Itália, Espanha, Canadá e México sobre Mafalda e os 60 anos de carreira de seu autor, cujo nome verdadeiro é Joaquín Salvador Lavado Tejón, nascido em 17 de julho de 1932 em Mendoza (oeste da Argentina).

Desde o primeiro álbum, "Mundo Quino", publicado em 1963, é considerado um dos principais humoristas gráficos do país.
Mas foi a pequena menina de cabelo preto e fita vermelha que o levou à fama em 1964. Quino havia esboçado a personagem um ano antes, em uma tira de publicidade de uma marca de eletrodomésticos que não prosperou.

"Adaptei a tira. Como não tinha que elogiar as virtudes de nenhum aspirador, a fiz reclamar, carrancuda. Foi uma revanche
imediata".

Quino fazia desenhos cheios de humor e poesia 11 anos antes de criar Mafalda e continuou nesta área depois de encerrar as aventuras da popular personagem em 1973.

Sem censura Depois veio o exílio em Milão em 1976, com o golpe militar, o pior momento de sua vida.

"A pátria significa juventude, portanto o fato de estar longe tornou meu humor um pouco menos vivaz, mas talvez algo mais
profundo".

Segundo o desenhista, durante a ditadura "Mafalda não foi censurada". "Acredito que porque a arte das tiras era considerada um gênero menor, que não representava uma ameaça como voz histórica. Os desenhos não aparentavam ser uma arte altamente intelectual e eram percebidos como entretenimento".

Quino explica que acabou com a série porque "estava cansado de fazer sempre a mesma coisa".

"A decisão passou até por áreas conjugais, porque minha mulher estava chateada de não saber se podíamos ir ao cinema, convidar pessoas para jantar, porque eu ficava até 22h da noite com as tiras".

"Além disso, era muito difícil não repetir. Quando não tinha mais ideia, recorria a Manolito ou a Susanita, que eram os
mais fáceis. Se tivesse continuado, os mais ricos eram Miguelito e Libertad".

"Havia um professor da minha geração, Oski, e ele nos disse que nunca tivéssemos um personagem fixo. E que se tivéssemos, deveríamos pegar a tira e tapar o último quadrinho com a mão. Se o leitor adivinhasse como terminaria, deveríamos parar de fazê-lo.

Me pareceu um bom momento e não imaginei que 40 anos depois continuaria vigente".

Mafalda é muito famosa em vários países e Quino diz que fica surpreso com o fato de ser uma das 10 figuras argentinas mais famosas do século XX.

"Acredito que a temática é comum a todos os grupos familiares humanos, estejam na China, na Finlândia ou na América
Latina".

Alguns comparam a menina argentina de classe média a Charlie Brown, personagem criado pelo americano Charles Schulz. Para Quino, "Mafalda pertence a um país denso de contrastes sociais, que apesar de tudo queria integrá-la e fazê-la feliz, mas ela se nega e rejeita todas as ofertas".

"Charlie Brown vive em um universo infantil próprio, do qual estão rigorosamente excluídos os adultos, com a diferença de
que as crianças querem virar adultos. Mafalda vive em um contínuo diálogo com o mundo adulto, mas o rejeita, reivindicando o direito de continuar sendo uma criança".

De acordo com o autor, "Schulz criou personagens antipáticos, simpáticos, bons, maus, invejosos e isto foi uma revolução.
Eu peguei bastante dele, mas como não sou americano fiz uma adaptação muito argentina da coisa".

Ao ser questionado sobre como vê a Argentina e o mundo de hoje, Quino mantém a postura.

"Nossa obrigação é acreditar que o futuro vai ser melhor, mas no fundo sabemos que tudo continuará sendo como até agora".
 
 
Fonte: AFP

 


 

Circuito Verão SESC de Esportes em Guaíba

No próximo final de semana (1 e 2/2) acontece em Guaíba o Circuito Verão SESC de Esportes, com as modalidades de Futebol de Areia, Vôlei de Praia e Futevôlei. Os jogos serão disputados nas quadras de areia do Parque da Juventude e do Coelhão.

Informações e inscrições podem ser realizadas diretamente no SESC Guaíba, pelo telefone (51) 3402.2106.

O Circuito Verão de Esportes de Guaíba é uma realização do SESC, com o apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Esporte e Juventude.

Saiba mais aqui


Fonte: Prefeitura Municipal de Guaíba

Pedestre morre atropelado por ônibus no centro de Porto Alegre

Acidente ocorreu na esquina das avenidas Salgado Filho e Borges de Medeiros

Um pedestre morreu atropelado por um ônibus na esquina da avenida Salgado Filho com a Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre, na manhã desta quinta-feira. De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o acidente ocorreu pouco antes das 11h.

O trânsito está bloqueado na avenida Salgado Filho no sentido Centro-bairro devido ao atropelamento. Agentes da EPTC estão no local aguardando a perícia. A identidade da vítima ainda não foi revelada.

Fonte: Correio do Povo 

Servidores da Saúde param por duas horas nesta quinta

HPS, HPV e pronto-atendimentos atendimentos Cruzeiro do Sul, Bom Jesus e Lomba do Pinheiro serão afetados

Os servidores dos hospitais de Pronto Socorro e Presidente Vargas e dos pronto-atendimentos Cruzeiro do Sul, Bom Jesus e Lomba do Pinheiro irão realizar uma paralisação das 9h às 11h desta quinta-feira. O grupo exige regulamentação e aplicação do percentual de 40% de insalubridade para os servidores da saúde e um máximo de 12 plantões mensais.



Fonte: Correio do Povo

Servidores dos Correios decidem entrar em greve no RS

Categoria reivindica melhorias no Plano de Saúde e para a partir do meio-dia

Em busca da manutenção do Plano de Saúde, cerca de 8 mil trabalhadores dos Correios no Rio Grande do Sul decidiram na noite desta quarta-feira entrar em greve por tempo indeterminado. A partir da meia-noite, a categoria monta um piquete no Centro de Distribuição da zona Norte de Porto Alegre e passa a fim de não permitir a saída de caminhões com as correspondências. A estimativa é de que a paralisação seja simultânea em outras partes do Brasil.

A categoria é contrária ao que chama de "precarização e redução no atendimento" aos trabalhadores e dependentes do Correios Saúde. Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Rio Grande do Sul (Sintect/RS), Vítor Rittman, a empresa age de forma unilateral, descumprindo cláusula do Acordo Coletivo, precarizando o atendimento na saúde da categoria e contrariando as expectativas dos trabalhadores.

Em outubro do ano passado, os trabalhadores dos Correios ficaram quase um mês com os braços cruzados e só voltaram às atividades com o julgamento do dissídio da categoria pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os grevistas tiveram reajuste de 8%, valor que já era ofertado pela empresa, e receberam prazo de seis meses para compensar os 26 dias parados com duas horas extras diárias.


Fonte: Rádio Guaíba 

Piso salarial dos professores passa para R$ 1.697

Reajuste de 8,32% reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno

 O Ministério da Educação (MEC) informou nesta quarta, oficialmente, o reajuste do piso salarial do magistério. O valor, que é reajustado anualmente, como determina a Lei do Piso (Lei 11.738/2008), aumentará 8,32%, chegando a R$ 1.697.

Conforme a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno, definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do ano passado, em relação a piso de 2012. O valor é a remuneração mínima do professor de nível médio com jornada de 40 horas semanais.

O piso salarial passou de R$ 950, em 2009, para R$ 1.024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme valores informados no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451 e, a partir de fevereiro de 2013, passou para R$ 1.567. O maior reajuste foi o de 2012: 22,22%.

Além do valor do salário, a lei trata das condições de trabalho, estipulando, por exemplo, jornada de no máximo dois terços da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os alunos.


Fonte: Agência Brasil

Bloco de Luta convoca segundo ato contra aumento da passagem

Manifestação ocorrerá a partir das 18h desta sexta-feira

 A data do segundo protesto de 2014 contra o aumento da passagem de ônibus em Porto Alegre, foi definido nesta quarta, em assembleia que reuniu 200 pessoas, pelo Bloco de Luta pelo Transporte Público. A manifestação ocorrerá a partir das 18h desta sexta-feira. A concentração será no Paço Municipal. O ato contará com o apoio de rodoviários grevistas. Em meio as já conhecidas reivindicações, agregarão um repúdio à Copa do Mundo e à criminalização dos manifestantes. “As leis contra os manifestos ferem artigos da Constituição”, disse Matheus Gomes, da coordenação do Bloco de Luta pelo Transporte Público.

Para ele, 2014 será marcado pela retomada das lutas populares. “Um ano que começa com a ameaça dos empresários do transporte de mais um aumento das passagens”, assinalou. O objetivo, segundo ele, não é prejudicar os usuários do transporte coletivo. As demandas seguem as mesmas do último ano, com foco na redução do valor da tarifa e transporte gratuito para desempregados, estudantes, quilombolas e indígenas. Gomes destaca a urgência da abertura de licitações para o transporte público da Capital. “Desejamos que todas as linhas sejam operadas pela Prefeitura, retirando o lucro dos empresários e possibilitando a redução da tarifa”, salientou.

Segundo ele, a abertura de licitações estava prometida pelo prefeito José Fortunati para o fim de 2013, mas foi adiada para 2014. Ele contesta especialmente as remoções de famílias para execução de obras para o evento e o fato da maior parte do dinheiro público ser investido em estádios e não na qualidade de vida da população brasileira.

No chamamento realizado por meio das redes sociais, o Bloco de Luta pelo Transporte Público voltará às para também exigir reajuste salarial, redução da jornada e melhores condições de trabalho sem reajuste da passagem para os rodoviários. Para ele, única alternativa para transformar o modelo de transporte na cidade é a luta conjunta.

A segurança na Copa, defendida pelo Anonymous Brasil, também é um dos principais problemas que serão enfrentados. Os registros do Subsistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM) permitem verificar que, entre 1980 e 2010, cerca de 800 mil cidadãos morreram por disparos de algum tipo de arma de fogo. “Em São Paulo, que possui 48 milhões de habitantes, a Polícia Militar (excluindo as polícias civis) matou mais pessoas do que o Estados Unidos inteiro (que possui 300 milhões de habitantes). Indo para o âmbito geral da população, classifica-se como o 7º país com maior índice de assassinatos do mundo”, adverte um dos seguidores do grupo.


Fonte: Correio do Povo

Manutenção programada deixa seis bairros sem água nesta quinta em Porto Alegre

Mellhoramento do sistema de bombeamento ocorre na estação Manoel Elias

Pelo menos seis bairros de Porto Alegre ficarão sem água nesta quinta-feira em função de uma manutenção do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A interrupção é para qualificar o sistema da Estação de Bombeamento de Água Bruta Manoel Elias II.

Com isso, desde as 6h da manhã, e até a noite, os bairros Protásio Alves, Jardim Ipu, Alto Petrópolis, Mario Quintana, Vila Safira, Jardim Itú-Sabará devem ficar sem água. Nas partes mais altas, o reabastecimento pode demorar ainda mais.


Fonte: Rádio Guaíba 

Legislação permite que empresas de transporte contratem temporários

Direção da EPTC descartou colocar motoristas em treinamento

Crédito: Tarsila Pereira 
 
O procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) esclareceu, na tarde desta terça, que há condição legal de contratação de trabalhadores temporários para dar conta da demanda do transporte coletivo da Capital com a greve dos rodoviários. Rogério Sleischmann disse que a condição ocorre em função da recusa da categoria em cumprir a decisão judicial obrigando que 70% dos motoristas e cobradores trabalhem nos horários de pico.

O Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa) reconheceu que operacionalizar a autorização legal é difícil em função da necessidade de treinamento dos motoristas. A Carris, que em 2012 chegou a montar um cadastro temporário de trabalhadores em meio a uma paralisação de motoristas e cobradores, também alegou dificuldade em colocar a medida em prática.  

A direção da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) descartou colocar motoristas em treinamento alegando que leva tempo para capacitar um profissional. “Temos que preservar a vida das pessoas que estão dentro do ônibus”, disse o diretor de transportes, Carlos Pires.

Sleischmann também explicou que o descumprimento da determinação da desembargadora Ana Luiza Heineck Kruse permite a prisão dos sindicalistas. Reconheceu, contudo, que trata-se de uma medida extrema e incomum. 
 
 
Fonte: Samuel Vettori/Rádio Guaíba 

 

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Guaíba escolhe sua Garota Verão quinta-feira, na Beira

A prefeitura de Guaíba, através da Secretaria de Turismo e Cultura, realizará o Concurso Garota Verão, na quinta-feira (30), às 20h, na Beira.

O evento da RBS TV que seria realizado no último domingo, foi transferido devido à instabilidade do tempo. Nesta edição de 2014 a secretaria optou por realizar o Garota Verão na Avenida João Pessoa, conhecida como Beira, com o objetivo de atingir um público maior.

O concurso de beleza nesta etapa municipal terá show com Binho Ribeiro.

O Garota Verão Guaíba 2014 conta com apoio da Bia Brazil, Luminositá by Roberta Matos, O Boticário, Floricultura Florida, Morana e Casa Bem.

A eleita estará automaticamente inscrita na semifinal dia  02 de fevereiro– Região Grande POA da RBS TV POA na cidade de São Jerônimo.


Fepam emite licença para instalação de fabricante chinesa de caminhões em Guaíba

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu, hoje, a Licença Prévia para a instalação da Foton Aumark do Brasil. O empreendimento, ligado à montadora chinesa Foton, vai se instalar em Guaíba, na região Metropolitana

A licença refere-se à autorização da área para futura implantação da atividade de montagem de veículos pesados, visando a uma capacidade mensal de montagem de 1.540 caminhões, entre modelos, leves, médios e pesados. São esperados, segundo o Estado, 290 empregos diretos na empresa.

Ainda assim, a licença só permite acesso à área em questão. As atividades da empresa só poderão começar com o aval do órgão competente, através da concessão da Licença de Instalação. O documento é válido até 27 de janeiro de 2016.

A empresa espera começar a produzir comercialmente no primeiro trimestre de 2016. A Foton prevê importar inicialmente cerca de 3 mil caminhões, com nacionalização progressiva a partir da entrada em operação da fábrica gaúcha, até atender a exigência de 65%, prevista para 2017.


Fonte: Rádio Guaíba 

Setor da Saúde também fica prejudicado com a greve dos rodoviários

Alguns profissionais tiveram dificuldades para chegar aos postos de saúde e hospitais

Foi necessário uma força-tarefa para evitar que a falta de ônibus em Porto Alegre prejudicasse o atendimento na área da saúde. Os funcionários dos hospitais de Pronto Socorro (HPS) e Materno Infantil Presidente Vargas puderam utilizar um dos três ônibus da Carris, que foram liberados para essa finalidade. Pela importância, o mesmo serviço foi oferecido aos profissionais que atuam no Centro de Saúde dos Comerciários, localizado na vila Cruzeiro, zona Sul.

Pela manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) monitorou o funcionamento de todas as unidades de atendimento distribuídas pela cidade. A SMS informou que todos os locais estiveram abertos. Porém, foram constatados problemas pontuais. O principal deles foi a dificuldade de alguns profissionais para chegar ao trabalho.

No Centro de Saúde Santa Marta, localizado no Centro, a abstenção dos pacientes foi de 50% nas consultas especializadas e exames. A coordenadora do Centro de Especialidade, Letícia Vasconcellos Tonding, explicou que em relação aos funcionários as ausências foram poucas. Porém, a falta foi total dos trabalhadores terceirizados (como da limpeza).
No Complexo Hospitalar Santa Casa, no Centro, foram registrados alguns transtornos, como a falta de profissionais e consultas canceladas. O percentual foi considerado pequeno. Uma das medidas que evitou danos maiores foi a disponibilidade de ônibus próprios para transporte.

O mesmo ocorreu no Hospital Ernesto Dorneles (HED), que desde segunda-feira conta com ônibus próprios para buscar e levar os profissionais. Na farmácia de medicamentos especiais do Estado, localizada na avenida Borges de Medeiros, a fila de pacientes era cerca de 50% menor do que em dias normais.


Fonte: Correio do Povo 

Estamos pedindo sua ajuda!!!


É amanhã, quinta-feira, às 20hs na Beira em Guaíba


Paralisação de ônibus prejudica comércio de Porto Alegre

Mercado Público estava com bancas fechadas e poucos clientes pela manhã

A paralisação geral dos rodoviários de Porto Alegre trouxe sérios prejuízos ao comércio da cidade. Sem a equipe completa de funcionários, muitas lojas simplesmente não abriram as portas no Centro na manhã desta quarta. Naqueles estabelecimentos que funcionaram, o sentimento era de incertezas.

A preocupação dos gerentes e proprietários é que o prejuízo financeiro não deverá ser recuperado. Muitos compararam o clima de preocupação ao da época em que eclodiram os movimentos de rua no ano passado. “Foi quase igual ao daquela época. As vendas caíram e os transtornos são grandes para todos”, comentou Daniela Oliveira, que é subgerente de um salão de beleza.

Ela comentou ainda que desde o início da greve o volume de atendimento caiu drasticamente. “Muitos clientes desmarcaram os serviços. E aqueles que querem ficam dependendo da sorte de o profissional conseguir chegar no tempo agendado”, relatou ela, lembrando que no dia anterior (terça) já havia avisado os funcionários para não virem caso não houvesse alternativa. “Muitos não têm lotação próxima e não dá para ficar exigindo se não há alternativa para vir ao trabalho”.

Em uma loja de vendas de artigos de beleza o movimento era fraco. A previsão é que nesta semana as vendas no estabelecimento tenham recuado cerca de 40%. E os transtornos não paravam por aí. “Não sei se terei funcionários à tarde porque a maioria está ligando para avisar que não tem como vir’, destacou a gerente Luciana Rosa.
A preocupação era compartilhada com outros comerciantes. “É uma incerteza geral sobre como será o dia”, afirmou o gerente de uma loja de roupas na rua Otávio Rocha, Iran Carlos. Ele lembrou que na terça o movimento foi 60% menor do que o registrado normalmente. A equipe também não estava completa. Inclusive, durante a entrevista, foi interrompido por um funcionário avisando que não conseguiria chegar ao trabalho.

Na rua Otávio Rocha o início da manhã foi atípico. Cerca de 50% dos estabelecimentos estavam fechados às 9h, momento em que normalmente a agitação é grande. A situação não era diferente em outras ruas. Na Marechal Deodoro nem todas as lojas conseguiram abrir no horário.

No Mercado Público a movimentação assustava quem passava no local. Normalmente, o início da manhã é de intenso entra e sai e também bom para as vendas. O que se viu nas primeiras horas de funcionamento, foram bancas fechadas e poucos clientes.


Fonte: Mauren Xavier / Correio do Povo

Greve dos ônibus adia reabertura dos RUs da Ufrgs

Restaurantes deveriam voltar a funcionar nesta quarta no Campus Agronomia e na Esef

A reabertura dos Restaurantes Universitários (RUs) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) que estava programada para esta quarta-feira foi adiada devido à greve dos ônibus em Porto Alegre. De acordo com a Ufrgs, os trabalhadores não conseguiram chegar ao local.

Para esta quarta-feira estavam previstas as reaberturas dos restaurantes do Campus Agronomia e da Escola Superior de Educação Física (Esef). O serviço foi liberado depois que a instituição derrubou uma liminar que havia suspenso o contrato com a fornecedora que venceu a licitação para manter os RUs em funcionamento. O restaurante do Campus Saúde só atenderá a partir da semana que vem. Nos campi Centro e do Vale, as estruturas ficarão fechadas, até 23 de fevereiro, para manutenção. O rodízio é feito sempre nos meses de verão.

A decisão foi expedida na tarde desta terça-feira pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O juiz responsável, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, ressaltou que a decisão impede a interrupção de serviços essenciais à comunidade acadêmica. Na segunda, a liminar em favor da empresa que perdeu a licitação proibiu os restaurantes de funcionar. Apenas em fevereiro, a estimativa é de que os estabelecimentos ofereçam 34 mil refeições.

A empresa que venceu a licitação já havia assumido o serviço em 6 de janeiro. A perdedora alegou supostas irregularidades no resultado da concorrência, refutadas no TRF pela universidade. O desembargador ressaltou que o mandado de segurança perdeu objeto, já que o contrato com a empresa vencedora foi formalizado ainda em 23 de dezembro.

De acordo com a Ufrgs, os cinco restaurantes voltarão a operar em conjunto em 24 de fevereiro, quando abre o ano letivo. Juntos, os cinco locais oferecem 11 mil refeições por dia. Mesmo com a troca de prestadora, o valor da refeição não muda. O custo fica entre R$ 0,50 e R$ 1,30.



Fonte: Correio do Povo 

Emocionante


Ah, o amor


Sinceramente...


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Presidente da EPTC admite existência de transporte clandestino durante a greve

Vanderlei Capellari avisou a Brigada Militar sobre a ocorrência destes casos

Ônibus foram recolhidos para as garagens no final da tarde
Crédito: Ricardo Giusti
 
A greve dos rodoviários em Porto Alegre começa a produzir efeitos colaterais, como o transporte clandestino. O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Capellari, diz que recebeu denúncias de transporte irregular circulando pela Capital durante a greve. De acordo com ele, há relatos de ônibus sem licença e táxis cobrando valores abusivos. Capellari avisou a Brigada Militar e recomenda que os passageiros evitem essa alternativa.

A partir das 6h desta quarta, a EPTC vai mobilizar 250 agentes para orientar a população. O judiciário também vai ser informado de como foi executada a decisão pelos rodoviários. A partir da meia-noite as equipes, com o apoio da Brigada Militar, vão acompanhar a movimentação da frota nas garagens das empresas.

Ele ainda confirmou que a orientação legal de colocar 30% da frota de ônibus na rua foi descumprida nesta terça-feira. Segundo o diretor da EPTC o número de coletivos no fim da tarde não foi muito superior aos 30%. "A função da EPTC é informar o relatório operacional, a penalidade é decisão do Tribunal”, afirmou.
 
Já sobre a orientação do sindicato de tirar 100% dos ônibus da rua, ele disse que não há mais o que a Prefeitura possa fazer, e que agora "cabe ao Judiciário agir". "Não vou fazer julgamento sobre o que deve ser feito ou não, mas a Justiça pode fazer com que a medida seja cumprida de outras formas, não só com a multa, mas com a prisão, por exemplo, dos dirigentes do sindicato", avaliou. Cappellari deixou claro, porém, que a Prefeitura não vai encaminhar solicitações nesse sentido e que cabe ao TRT solucionar o impasse.

O que disse o TRT

A assessoria do Tribunal Regional do Trabalho confirmou que, por hoje, nada muda na decisão que estabelece multa de R$ 50 mil por dia em função do descumprimento, pelos rodoviários, da decisão para que mantenham 70% dos ônibus circulando na Capital em horários de pico, e 30% no restante do dia. O órgão admite, porém, que a liminar pode ser alterada, se necessário. O órgão também esclareceu que a cobrança da multa pode se efetivar de diversas formas, inclusive com a penhora judicial de imóveis ou da contribuição mensal depositada pelos rodoviários ao Sindicato. 

 
 
 
Fonte: Rádio Guaíba  

 

Restaurantes Universitários da Ufrgs reabrem nesta quarta-feira

Estabelecimento do Campus Saúde só atende a partir da semana que vem

Reabrem a partir desta quarta-feira, para almoço, os restaurantes do Campus Agronomia e da Escola Superior de Educação Física (Esef) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). O serviço foi restabelecido depois que a instituição derrubou uma liminar que havia suspenso o contrato com a fornecedora que venceu a licitação para manter os RUs em funcionamento. Já o do Campus Saúde só atende a partir da semana que vem. Nos campi Centro e do Vale, as estruturas ficarão fechadas, até 23 de fevereiro, para manutenção. O rodízio é feito sempre nos meses de verão.

A decisão foi expedida na tarde desta terça pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O juiz responsável, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, ressaltou que a decisão impede a interrupção de serviços essenciais à comunidade acadêmica. Ontem, a liminar em favor da empresa que perdeu a licitação proibiu os restaurantes de funcionar. Apenas em fevereiro, a estimativa é de que os estabelecimentos ofereçam 34 mil refeições.

Até a sexta-feira passada, funcionaram os restaurantes no Centro e no Vale. Ontem, a previsão era de reabrir os da Esef e do Campus Agronomia, o que não ocorreu.

A empresa que venceu a licitação já havia assumido o serviço em 6 de janeiro. A perdedora alegou supostas irregularidades no resultado da concorrência, refutadas no TRF pela universidade. O desembargador ressaltou que o mandado de segurança perdeu objeto, já que o contrato com a empresa vencedora foi formalizado ainda em 23 de dezembro.

De acordo com a Ufrgs, os cinco restaurantes voltarão a operar em conjunto em 24 de fevereiro, quando abre o ano letivo. Juntos, os cinco locais oferecem 11 mil refeições por dia. Mesmo com a troca de prestadora, o valor da refeição não muda. O custo fica entre R$ 0,50 e R$ 1,30.

Ônibus para o RU Esef

A partir desta quarta, para levar estudantes do Campus Centro ao Olímpico, a Ufrgs oferece ônibus, que sairão em dois horários – 11h30min e 12h30min – da rótula entre a rua Engenheiro Luiz Englert e a avenida Paulo Gama, atrás do Salão de Atos.



Fonte: Rádio Guaíba

Flatulência de vacas provoca explosão em estábulo na Alemanha

Teto do estábulo ficou ligeiramente danificado e uma das vacas sofreu queimaduras leves

O teto do estábulo em uma fazenda de criação de gado localizada na cidade alemã de Rasdorf quase veio abaixo após
uma explosão provocada por gás metano. O acúmulo de gás foi resultado da flatulência e arrotos de cerca de 90
vacas que estavam no local.

A polícia informou em comunicado que "um foco de energia elétrica estática aparentemente denotou a explosão". O
teto do estábulo ficou ligeiramente danificado e uma das vacas sofreu queimaduras leves. Nenhuma pessoa ficou
ferida.

O impacto ambiental da pecuária é elevado. O gado é capaz de liberar grande quantidade de gás metano por meio de
arroto e flatulência. A polícia não informou a quantidade de gás acumulado no estábulo em Rasdorf, mas contou que as 90 vacas estavam fechadas no abrigo provavelmente por causa do frio.


Fonte: AE

Rodoviários deflagram paralisação geral dos ônibus em Porto Alegre

Decisão da categoria descumpre ordem judicial

Crédito: Ricardo Giusti / CP 
 
O Sindicato dos Rodoviários decidiu pela paralisação geral dos ônibus em Porto Alegre, descumprindo a ordem judicial para que 70% da frota estivesse na rua em horários de pico. A decisão ocorreu após reunião no Tribunal Regional do Trabalho que envolveu EPTC, prefeitura, empresas e representantes da categoria e passa a valer imediatamente.

“Ficamos insatisfeitos com a reunião e a tentativa de mediação do TRT. Consideramos um abuso a determinação de 70% da frota, porque tira o sentido da nossa greve”, afirmou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Júlio Gamaliel. “A partir de agora vamos recolher todos os ônibus e vai ser zero de frota”, completou ele, em entrevista no fim da tarde. A paralisação total continua amanhã e não há previsão para terminar.
 
O TRT confirmou que não houve acordo entre as partes no encontro desta tarde. Conforme a assessoria do Tribunal, uma nova reunião de mediação foi marcada para quinta-feira, às 15h. A determinação de multa diária de R$ 50 mil foi mantida pela desembargadora Ana Luiza Heineck Kruse para o não cumprimento da frota mínima.

A EPTC informou que “espera que seja respeitada a decisão do TRT e que a população não seja prejudicada”. Conforme a assessoria da autarquia, será realizado um mutirão dos agentes para orientar a população desde as primeiras horas desta quarta-feira.

Greve e resposta do prefeito Fortunati

No início da tarde, o TRT determinou que os rodoviários deveriam colocar 70% da frota nas ruas a partir das 17h de hoje nos horários de pico, já que apenas 30% dos ônibus estavam sendo usados por conta da greve da categoria. Em pedido liminar anterior, o município havia reivindicado declaração de abusividade da greve, com o retorno imediato dos trabalhadores às suas funções para garantir garantir a circulação de 100% da frota.

Ainda nesta terça, o prefeito José Fortunati levantou a hipótese de que a greve tenha sido combinada entre rodoviários e empresas para buscar o reajuste na tarifa de ônibus na Capital, que atualmente é de R$ 2,80. “Tenho na minha bagagem inúmeras greves e não vi nenhuma tão estranha quanto essa. Hoje, na frente das garagens, só há piquetes na Carris, não tem ninguém nas outras empresas. Os trabalhadores normalmente vão para frente das garagens e o que estamos vendo é uma lua de mel. Isso é muito estranho”, completou.
 
 
 
 

 

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Prefeitura pedirá na Justiça mais ônibus durante greve

Objetivo é colocar 70% da frota em circulação nos horários de pico e 50% nos demais

Crédito: Mauro Schaefer
 
A Prefeitura de Porto Alegre ingressará na Justiça ainda nesta segunda-feira solicitando o aumento do número de ônibus circulando na Capital durante a greve. De acordo com o prefeito José Fortunati, o objetivo é assegurar 70% da frota trafegando nos horários de pico e 50% nas demais horas. Os rodoviários colocaram apenas 30%, conforme acerto prévio no fim de semana.

“Quem está pagando a conta desta greve é a população mais carente, a popoulação que mais precisa de ônibus”, afirmou Fortunati, no Centro Integrado de Comando. “Este percentual afronta a um direito constitucional de quem precisa ir e vir”, acrescentou o prefeito, justificando o pedido por considerar que a circulação de ônibus é um “serviço essencial à população”.

O prefeito classificou como estranha a forma de como a paralisação foi concebida. “A minha estranheza, como sindicalista que fui, é que a greve acontece sem qualquer piquete”, observou ele, que afirmou que a prefeitura não irá interferir na negociação entre a categoria e o sindicato patronal. “Estamos diante de uma greve que se coloca funcionários de um lado e patrões de outro”, salientou.

Fortunati lembrou que a categoria tem data-base em janeiro que a negociação costuma ocorrer entre dezembro e janeiro. O prefeito destacou ainda que os rodoviáiros de Porto Alegre têm o segundo maior salário do Brasil, abaixo apenas de São Paulo. 

Seopa deixa frota à disposição e Força Sindical sugere catraca livre

Em nota, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa) informou que os ônibus continuarão à disposição amanhã para que 100% da frota saia para operação. Já a Força Sindical defendeu que a prefeitura libere as catracas dos coletivos.

 

Com prisão preventiva decretada, policiais do Denarc serão indiciados por tráfico

Investigação descartou participação da dupla, já afastada das funções, em uma operação sigilosa

Os dois agentes do departamento estadual de investigações do narcotráfico (Denarc) presos pela Brigada Militar com quase dois quilos de cocaína, na última sexta-feira, em Guaíba, serão indiciados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma, adiantou o delegado responsável pelo caso, D’Artagnan Tubino. O inquérito precisa ser finalizado até o fim de semana, mas o delegado disse que deve pedir mais tempo à justiça. Ambos tiveram a prisão preventiva decretada pelo Judiciário e foram afastados das funções.

Recolhida no presídio do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil (PC), a dupla soma 20 e dez anos de corporação. Um deles já chegou a ser investigado, mas o delegado não adiantou o crime supostamente cometido. Ambos podem ser expulsos da Polícia Civil.

A Brigada Militar prendeu em flagrante os dois agentes com 1,6kg de cocaína na noite dessa sexta-feira no bairro Santa Rita. A origem da droga ainda é desconhecida. Eles foram abordados dentro uma viatura discreta. Além da droga, a BM ainda encontrou R$ 8 mil e mais um revólver calibre 32 com numeração raspada. Os PMs ainda encontraram anotações de valores em dinheiro e com nomes de traficantes da região.

A abordagem foi realizada pela BM depois que traficantes de Guaíba relataram que a prisão deles tinha efeito quase nulo para a redução do tráfico na região, já que policias reabasteciam os pontos de venda de entorpecentes na cidade.

Em depoimento, os policiais civis alegaram estar participando de uma ação secreta. Conforme o delegado Tubino, ninguém na corporação ou no Judiciário tinha conhecimento da ação.


Fonte: Samuel Vettori/Rádio Guaíba

EGR prevê operação de mais 31 veículos de resgate a partir de março

Edital para compra foi publicado nesta segunda-feira

O presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Luiz Crlos Bertotto, mantém expectativa positiva para a entrega de 31 veículos de resgate, que serão comprados a partir de uma licitação cujo edital foi publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial do Estado. O investimento é de cerca de R$ 7 milhões e a previsão é de que a entrega ocorra na segunda quinzena de março.

"A licitação está andando e se tudo der certo acreditamos que, entre a segunda quinzena e o final de março, já poderemos contar com novos veículos de resgate. Vai depender do tempo de entrega da empresa vencedora, se nesse período não recebermos todas as 31 unidades, com certeza, já contaremos com boa parte da frota", avaliou Bertotto. O edital prevê prazo máximo de três meses para a entrega.

Mesmo apostando que todo processo vai dar certo, o presidente da EGR mantém cautela com a licitação. "Existem situações, judiciais, por exemplo, que não estão previstas no edital. Se houver demora vai ser em função de um eventual recurso de quem perdeu a disputa ou sobre o próprio tempo de entrega, mas não pela burocracia", ponderou Bertotto.

A data para o pregão eletrônico da EGR é 6 de fevereiro. Os veículos adquiridos serão repassados para o Corpo de Bombeiros, que vai auxiliar no socorro a acidentes em estradas estaduais assumidas pelo Estado após o fim dos pedágios da iniciativa privada e também nas estradas federais administradas pelo Dnit. Outros três veículos serão herdados das antigas concessionárias. Com isso, o número atual, de 31 equipamentos, mais do que dobra, chegando a 65.


Fonte: Voltaire Porto / Rádio Guaíba 

EPTC se surpreende com suspensão dos ônibus metropolitanos

Presidente da autarquia disse que órgão não irá interferir na negociação do reajuste dos rodoviários

Crédito: Mauro Schaefer
 
A decisão da Metroplan em suspender a liberação dos ônibus metropolitanos para embarcar passageiros em Porto Alegre surpreendeu o presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Capellari. Segundo ele, o sistema de ônibus da Capital já cooperou com o transporte metropolitano em outras ocasiões. Além disso, garantiu que a autarquia não interferir na negociação do dissídio dos rodoviários.

“Ocorreu uma reavaliação do governo do Estado em relação ao que tínhamos acertado pela manhã. Isso nos surpreendeu, porque já tivemos operações conjuntas, inclusive para auxiliar o Trensurb”, comentou, em entrevista à Rádio Guaíba na tarde desta segunda-feira. Conforme o presidente, a EPTC pretende interligar as linhas da Capital com as metropolitanas.

“Nosso objetivo comum sempre foi fazer uma integração total entre os dois sistemas. Que a população tenha todo o direito de usar qualquer um dos ônibus”, acrescentou Capellari. Um dos apontados pela Metroplan é que o cartão TRI não pode ser usado nos coletivos metropolitanos, cujo sistema é o TEU. “Os dois modelos são diferentes e eles não se conversam”, admitiu o presidente da EPTC.

A negociação do dissídio dos rodoviários é um assunto apenas das empresas de ônibus, ressaltou Capellari. Segundo ele, a EPTC não vai interferir na negociação e o rejuste não deverá incidir no valor da tarifa em 2014. “As empresas têm que assumir o papel e fazer o processo de renegociação. Não é possível atrelar nenhum tipo de reajuste em cima da tarifa. Já temos hoje uma série de interferências no preço da passagem”, explicou.

Efeitos da greve
Nesta tarde, a EPTC autorizou que lotações circulem nos corredores de ônibus. Objetivo é facilitar acessibilidade dos passageiros. Os seletivos também podem levar passageiros de pé dentro dos carros. Pela manhã, os rodoviários disponibilizaram apenas 30% da frota – menos de 450 coletivos. O número foi considerado insuficiente pela EPTC. Os rodoviários descartaram mudar o percentual. Táxis e caronas foram algumas das soluções encontradas pelos porto-alegrenses ao longo da manhã.

Uso de metropolitanos havia desagradado rodoviários
Em coletiva, os presidentes da Força Sindical, Claudio Janta, e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado, Julio Gamaliel, rejeitaram completamente a proposta e ameaçaram articular uma paralisação geral nos ônibus de toda a região Metropolitana. “Estamos cumprindo a nossa parte do acordo firmado no Ministério Público do Trabalho, que é o de colocar 30% da frota na rua”, afirmou Gamaliel.

O presidente da Força Sindical ressaltou que a legislação proibe que linhas de outras cidades transportem passageiros dentro da Capital. “Se eles fizerem isso estarão rompendo com o acordo e iremos devolver na mesma moeda”, afirmou. Segundo ele, a luta da categoria é legítima. Os profissionais querem reajuste de 14%, além da atualização do valor do vale refeição e a manutenção do plano de saúde. “Estamos à espera das empresas para negociar”, enfatizou o presidente do Sindicato dos trabalhadores.
 
 

 

Polícia Civil irá manter investigação sobre agentes do Denarc presos

Policiais foram detidos com R$ 8 mil em dinheiro, revólver e 1,6 quilo de cocaína

Mesmo após a conclusão do inquérito, a Corregedoria-Geral (Cogepol) da Polícia Civil vai prosseguir com as investigações em torno dos dois agentes do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), presos pelo 31º BPM com cerca de 1,6 quilo de cocaína, em torno de R$ 8 mil em dinheiro e um revólver calibre 32 com numeração raspada, em Guaíba, na noite de sexta-feira passada. O objetivo, de acordo com o delegado D’Artagnan Tubino, é descobrir o que os policiais civis faziam no local da prisão e que tipo de envolvimento possuíam com os nomes de supostos traficantes, que estão anotados, junto com valores, nos papéis apreendidos na sexta-feira. “O crime de tráfico de drogas, porém, já está caracterizado”, destacou ele, em relação ao flagrante ocorrido em Guaíba.

As prisões preventivas dos dois agentes foram decretadas ainda no final de semana pela Justiça. Ambos foram também afastados de suas funções. A Cogepol tem prazo até domingo para remeter o inquérito do flagrante ao Poder Judiciário. Os policiais civis estão recolhidos nas celas do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, no Palácio da Polícia, na Capital.

Ao serem presos pelos policiais militares do 31º BPM, eles alegaram que estavam em missão secreta e pretendiam fazer uma infiltração no narcotráfico local. Os superiores deles, ressaltou o delegado D’Artagnan Tubino, afirmaram que desconheciam o trabalho policial alegado pelos acusados.


Fonte: Correio do Povo 

Suspenso uso de ônibus metropolitanos em Porto Alegre

Greve dos rodoviários afeta transporte público desde o início da manhã desta segunda

Após menos de duas horas da liberação dos ônibus metropolitanos em poder efetuar embarque de passageiros em Porto Alegre, a medida foi suspensa pela Metroplan – órgão que regula o serviço. Na tarde desta segunda-feira, uma reunião entre a Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros (ATM) e os gerentes das empresas poderá definir uma nova ação.

Para tentar amenizar os efeitos da greve dos rodoviários, lotações, caronas e caronas foram as principais alternativas usadas pelos porto-alegrenses. As empresas disponibilizaram oito ônibus em três horários diferenciados ao longo do dia para conseguir levar e trazer os trabalhadores. Somente o HED contam com 1,5 mil funcionários do administrativo, segurança, higienização, entre outros. Outras empresas também incentivaram a carona solidária entre os seus funcionários.

Pela manhã, os rodoviários disponibilizaram apenas 30% da frota – menos de 500 coletivos. O número foi considerado insuficiente pela EPTC.

Uso de ônibus metropolitanos havia desagradado rodoviários

Em coletiva no final da manhã, os presidentes da Força Sindical, Claudio Janta, e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado, Julio Gamaliel, rejeitaram completamente essa proposta. E anunciaram ainda que vão articular uma paralisação geral nos ônibus de toda a região Metropolitana. “Estamos cumprindo a nossa parte do acordo firmado no Ministério Público do Trabalho, que é o de colocar 30% da frota na rua”, afirmou Gamaliel.

O presidente da Força Sindical ressaltou que a legislação proibe que linhas de outras cidades transportem passageiros dentro da Capital. “Se eles fizerem isso estarão rompendo com o acordo e iremos devolver na mesma moeda”, afirmou. Segundo ele, a luta da categoria é legítima. Os profissionais querem reajuste de 14%, além da atualização do valor do vale refeição e a manutenção do plano de saúde. “Estamos à espera das empresas para negociar”, enfatizou o presidente do Sindicato dos trabalhadores.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa) reiterou ser contrário à greve. “Se dependesse apenas da vontade das empresas de ônibus, 100% dos veículos estariam operando normalmente”.

Fonte: Correio do Povo