domingo, 31 de julho de 2016

Redenção e Parcão têm atos pró e contra Dilma nesta tarde

Atos pró e contra Dilma Rousseff ocorrem na tarde deste domingo em Porto Alegre | Foto: Montagem sobre fotos de Ricardo Giusti e Jefferson Bernardes / AFP / CP Memória
 
Novas manifestações em defesa e repúdio ao mandato da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) acontecem neste domingo, em Porto Alegre. O Parque da Redenção volta a ser palco de apoiadores da petista, em ato organizado pela Frente Brasil Popular. O grupo se reúne a partir das 14h, em frente ao Monumento ao Expedicionário. O ato cultural que pede a derrubada do governo interino de Michel Temer é organizado em cerca de 20 cidades brasileiras, neste domingo.

Já no Parcão (Parque Moinhos de Vento), integrantes do movimento Vem Pra Rua se mobilizam em defesa do impeachment de Dilma. A manifestação também pede a renovação do cenário político e o fim do foro privilegiado. O ato também deve ocorrer em outras cidades do país. O Movimento Brasil Livre, por sua vez, publicou uma nota oficial nas redes sociais afirmando que não está organizando a manifestação deste domingo.

O Supremo Tribunal Federal divulgou, nesse sábado, que o julgamento final do processo de impeachment deve começar no dia 29 de agosto, com previsão de durar uma semana.


 Fonte: Rádio Guaíba
 

sábado, 30 de julho de 2016

Domingo será ensolarado e com tarde quente no Estado

Máxima em Porto Alegre se aproxima dos 30°C neste domingo | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória
 
O sol aparece na maior parte do Rio Grande do Sul neste domingo, apesar da presença de nuvens. Mais uma vez se espera nevoeiro e nuvens baixas em alguns pontos entre a madrugada e o amanhecer, conforme a MetSul Meteorologia. A exceção fica apenas na Metade Sul, onde o aumento na nebulosidade pode ter até garoa ou chuva fraca na região entre Jaguarão, Chuí e Rio Grande.

Ar mais quente cobre o Estado e traz um dia que começa menos frio. A tarde deste domingo será calor para o mês de julho, podendo a passar dos 30°C em alguns pontos. Em Porto Alegre, em um dia de sol e nuvens, as temperaturas variam entre 12°C e 27°C.


Fonte: MetSul
 

Julgamento final do impeachment começará em 29 de agosto, diz STF

Julgamento final do impeachment começará em 29 de agosto, diz STF | Foto: Roberto Stuckert Filho / PR / Divulgação / CP
 
O julgamento final do processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff começará no dia 29 de agosto e tem previsão para durar uma semana, informou o Supremo Tribunal Federal (STF) neste sábado por meio de nota. O cronograma divulgado prevê que no dia 9 de agosto seja realizada a primeira sessão plenária sobre o impeachment, sob coordenação do presidente do STF, Ricardo Lewandowski.

A partir de então, defesa e acusação terão 48 horas para apresentar seus argumentos e o rol de testemunhas que participarão da fase final do processo. Em seguida, será respeitado um prazo de dez dias estipulado pela Lei 1079/1950, que regulamenta o impeachment, para que possa ter início o julgamento definitivo. Com isso, a primeira data possível para o início do procedimento final seria 26 de agosto.

Segunda a nota, um acordo entre Senado e STF fez com que essa primeira data possível fosse adiada para a segunda-feira seguinte, dia 29 de agosto. A previsão é de que o processo dure ao menos uma semana, mas o próprio Supremo afirma que poderão ocorrer atrasos por causa das discussões em plenário. O desfecho do processo de impeachment pode vir então a ser conhecido somente em meados de setembro.  O que pode atrapalhar os planos do  presidente interino Michel Temer, que planeja, no mesmo período, sua primeira viagem internacional, para a China, caso seja confirmado no cargo.

Na próxima terça-feira, o relator Antonio Anastasia (PSDB-MG), lerá seu parecer final na Comissão Especial de Impeachment do Senado. A votação do relatório está marcada para dois dias depois. Senadores contrários ao impedimento de Dilma preparam dois votos em separado e já pediram ao presidente do colegiado, Raimundo Lira (PMDB-PB), tempo para que ambos sejam lidos na comissão.


Fonte: Agência Brasil
 

PRF encontra mulher esfaqueada na freeway, em Porto Alegre

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou uma mulher ferida no km 87 da freeway, em Porto Alegre, na manhã deste sábado. A vítima teria sido esfaqueada e apresentava muitos hematomas pelo corpo.

Segundo a PRF, ela relatou que foi agredida após uma discussão com o namorado dentro do carro dele. Os policias acreditam que ela também tenha sido jogada do veículo em movimento.

O carro teria fugido em direção a Porto Alegre. A mulher foi levada para o Hospital de Pronto Socorro e ainda não foi identificada.


Fonte: Correio do Povo

Entidades de Segurança orientam gaúchos a não saírem de casa na quinta

Mobilização dos setores ocorrerá entre 6h e 21h | Foto: Alina Souza
 
  As entidades de classe da Segurança Pública estão alertando a população gaúcha para que não saia de casa na próxima quinta-feira, quando ocorrerá uma paralisação das categorias do setor e também do restante do funcionalismo público estadual. O comércio está sendo também orientado para não abrir as portas e que os pais não levem os filhos às escolas. O apoio do transporte coletivo, via suspensão das operações, foi ainda recomendado.

A mobilização, que ocorrerá entre 6h e 21h, é um protesto sobretudo contra o parcelamento dos vencimentos. Em carta aberta, o Bloco da Segurança Pública denunciou uma “política de desmonte dos serviços públicos” pelo governo e considerou que a “situação é insustentável”.

Além da paralisação, uma operação padrão está sendo realizada desde a sexta-feira e deve durar até o pagamento integral dos salários. Na Polícia Civil, por exemplo, as operações foram suspensas e apenas casos mais graves estão sendo atendidos nas delegacias. Já na Brigada Militar, a ordem é não colocar nas ruas viaturas ou equipamentos de proteção e armamento que estejam com problemas de manutenção ou documentação.

O presidente da Ugeirm Sindicato, que representa os policiais civis, Isaac Ortiz, justificou a paralisação diante dos prejuízos sofridos pelos servidores com o pagamento parcelado dos salários. Em relação à primeira parcela, inferior a R$ 1 mil, ele considerou como “um deboche”.

Sobre o pedido para a população não sair às ruas, o dirigente explicou que “o momento atual já é de muita violência” e, em consequência disso, deve se agravar ainda mais com a ausência nas ruas do pouco efetivo de policiais civis e militares que existe em atividade. “O plano estadual de segurança pública do governo não saiu do papel”, lembrou.

Já o presidente da Abamf, que representa os policiais militares, Leonel Lucas, disse que nunca havia visto “um desrespeito tão grande do governo com os servidores”. Para ele, o parcelamento está gerando situações dramáticas, como muitos policiais militares sem qualquer dinheiro para manter suas famílias. “Tem brigadiano que não recebeu nada pois foi descontado pelo banco”, revelou. O dirigente afirmou ainda que as estratégias para a paralisação estão sendo discutidas até a próxima quinta-feira.

Na carta aberta do Bloco de Segurança Pública, que tem a participação também de servidores do Instituto Geral de Perícias e Superintendência dos Serviços Penitenciários, é questionado o Poder Judiciário por não fazer “cumprir sua decisão que proíbe o parcelamento salarial”. Para as entidades de classe, não é possível que “homens e mulheres que arriscam suas vidas na proteção da sociedade gaúcha, tenham que se submeter a tamanho vexame e humilhação frente ao novo parcelamento de salários”.


Fonte: Correio do Povo

Escala de fiscalização eletrônica de velocidade de 1º a 5 de agosto


sexta-feira, 29 de julho de 2016

RS terá sol e tarde quente neste sábado

Mínimas serão mais altas mesmo ao amanhecer e máximas podem chegar aos 27°C | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP
 
O sábado terá a presença do sol em todo o Rio Grande do Sul, mas acompanhado por nuvens no decorrer do dia, predominantemente altas. O amanhecer deve ter formação de nevoeiro e neblina em vários pontos. Com ingresso de ar mais quente no Estado, o dia começa menos frio.

Muitos locais que na quinta e na sexta tiveram mínimas de 0ºC a 5ºC terão marcas em torno dos 10ºC ao amanhecer. Também a tarde deve ter máximas mais altas e será até um pouco quente, especialmente em localidades do Noroeste e do Norte.

As mínimas ainda assim rondam 1°C em São José dos Ausentes e 3°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 27°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 8°C e 21°C.

O RS teve amanhecer gelado nesta sexta, com nevoeiro isolado. Fez -3,4ºC em Ausentes, -1ºC em Bom Jesus e -0,8ºC em Canela no 39º dia do ano em que a temperatura foi negativa. A situação se inverte até domingo, com aquecimento e máximas superando os 25°C, antes de alguma instabilidade na segunda-feira.


Fonte: Metsul
 

Presos por furto a farmácia em Guaíba

Na tarde de 29 de julho de 2016, a ROCAM/31º BPM, abordou no Centro de Guaíba um casal que havia acabado de cometer um furto na Farmácia São João.

O casal, que era oriundo do município de Alvorada, foi preso e o material recuperado.



Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

Motocicleta recuperada em Eldorado do Sul

Em 29 de Julho de 2016, ás 00h50m, uma guarnição do 31º BPM em Eldorado do Sul, estava em patrulhamento de rotina na BR 116 – KM 107, Centro, cidade de Eldorado do Sul, quando abordou a motocicleta HONDA/CG 125 FAN JOB, cor roxa, a qual estava sendo conduzida por um indivíduo.

Ao consultar a situação da motocicleta, foi constatado que a mesma se encontrava na situação de roubada.

O condutor foi preso e a moto recuperada, ocorrência entregue na Delegacia de Policia.


Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

Estudante é atropelada durante protesto em Porto Alegre

Estudante é atropelada durante protesto em Porto Alegre | Foto: Samuel Maciel 
 
*Com informações do repórter Cristiano Soares 

Uma estudante foi atropelada na manhã desta sexta-feira durante um protesto entre as avenidas Ipiranga e Érico Veríssimo, em Porto Alegre. Segundo relato de testemunhas, o motorista de um Fiat Palio, com placas da Capital, investiu contra 50 pessoas que participavam da manifestação, no sentido Centro-bairro.

A Brigada Militar (BM) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados depois que a jovem foi atingida nas pernas e em um dos pés. De acordo com a BM, o condutor teria agredido outra aluna e a diretora da escola Protásio Alves. Os ânimos se acirraram e os estudantes tentaram depredar o carro. O motorista foi preso por policiais militares e conduzido até o Palácio da Polícia.    

Uma testemunha que passava pelo local da manifestação, identificada como Sizara, relatou detalhes do atropelamento. "Eu visualizei um senhor, com o carro, tentando furar o protesto e, fazendo isso, ele acabou atropelando uma menina. Ele ainda deu um soco no rosto de outra aluna e agrediu a diretora. Elas foram conduzidas até o Palácio da Polícia. Muitos adolescentes estavam participando e o homem desceu do carro dando socos e sem prestar socorro a quem atropelou", contou em entrevista à Rádio Guaíba. "O ato de quebrar o carro foi porque ele não quis parar o carro e foi mais uma tentativa dos alunos de se defender", acrescentou.

Conforme a BM, o motorista estaria com sinais de uso de entorpecentes e vai passar por exames de sangue. Ele deve ser autuado em flagrante.


Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba
 

Secretaria de Saúde promove Mutirão de Coleta Pré-Câncer em Eldorado do Sul

Acontece, no sábado dia 30 de julho, das 08h30min às 11h e das 13h30min às 16h, o mutirão de coleta Pré-Câncer (Papanicolau) no Posto de Saúde da Sans Souci e Progresso, para os moradores dos bairros Sol Nascente, Sans Souci e Progresso, zona de atendimento das duas ESF’s (Estratégias de Saúde da Família) organizadoras do evento. As mulheres deverão levar cartão do SUS e documento com foto para realizar o exame. A vigilância epidemiológica também participará da ação, fazendo testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B e C.
                   
As Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos demais bairros também disponibilizam o exame, necessitando agendamento prévio, apresentação de cartão do SUS e documento foto. O mutirão visa aumentar a captação das mulheres para o atendimento, principalmente para as que trabalham e que cuidam da casa e dos filhos e que não podem comparecer nos postos de saúde durante a semana.

O exame preventivo do Câncer de Colo Do Útero (Papanicolau ou CP) é a principal estratégia para detectar lesões pré-malignas e fazer o diagnóstico da doença. Além de servir para a detecção de lesões precursoras do câncer do colo do útero e da infecção pelo Papiloma Vírus (HPV), o Papanicolau indica se você tem alguma outra infecção que precisa ser tratada. O exame é gratuito e indolor, causando geralmente um leve desconforto. O mutirão de coleta pré-câncer é uma ação da Prefeitura Municipal por meio de sua Secretaria de Saúde.


*Notícia autorizada pela Justiça Eleitoral.

Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação Social - ASCOM
Autor: Allan Lima - ASCOM


Trens só funcionarão nos horários de pico na segunda-feira

Trens só funcionarão nos horários de pico na segunda-feira | Foto: Lucas Quadros / Trensurb / Divulgação / CP
 
  A exemplo do que ocorreu na quinta-feira, as composições da Trensurb voltarão a ficar paradas nesta segunda-feira. No entanto, os metroviários trabalharão das 5h30min às 8h30min e das 17h30min às 20h30min, considerados horários de pico. O presidente do Sindicato dos Metroviários (SindiMetrô), Luís Henrique Chagas, afirma que a falta de vontade da empresa em negociar um reajuste salarial provoca mais um protesto da categoria.

De acordo com Chagas, os trabalhadores querem somente a reposição da inflação do período, de 9,28%. “A empresa não apresentou nenhuma proposta. Parece que não está muito preocupada com os metroviários e com os usuários, que é quem sabemos que têm prejuízos em dias de mobilização. Mas ainda aguardamos a empresa se manifestar. Se a empresa nos chamar agora, corremos para negociar.
O que acontece é que desde março estamos tentando negociar mas a empresa está irredutível. No nosso pedido, simplesmente, não queremos nenhum real de aumento salarial. Queremos somente a reposição da inflação do período, só isso”, explicou o presidente do SindiMetrô.

Além do pedido de reposição da inflação, os funcionários também exigem o chamamento de concursados pela empresa. A Trensurb indicou aumentar apenas em um dia o vale alimentação, passando de 28 para 29 bilhetes, e somente 8,28% de reajuste.


Fonte: Vitória Famer / Rádio Guaíba

Policiais são orientados a não atuar fora do horário de expediente

Policiais são orientados a não atuar fora do horário de expediente | Foto: Ugeirm / Facebook / Divulgação / CP 
 
Em protesto contra o parcelamento de salários de servidores estaduais do Executivo, os agentes de Segurança Pública, ainda nessa quinta-feira, anunciaram uma operação-padrão. A ideia é estender a iniciativa até que o governo quite integralmente as remunerações de julho, o que está previsto para ocorrer apenas no dia 19 de agosto. Nesta sexta, o Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia do Rio Grande do Sul (Ugeirm) lançou uma cartilha com normas a serem obedecidas durante o período de operação-padrão.

Uma das ordens da cartilha é a não participação nas operações policiais fora do horário de expediente. Conforme o Ugeirm, as ofensivas têm se tornado uma peça de propaganda da gestão de José Ivo Sartori e os policiais não querem compactuar com a "atitude hipócrita do governo, que não paga salários, não realiza promoções, mas ao mesmo tempo passa para a população, através de caríssimos anúncios publicitários, a imagem de que está combatendo a criminalidade".

Outra decisão tomada foi a de não trabalhar além do horário de expediente toda vez que os salários estiverem em atraso. Essa atitude deve ser tomada mesmo com a promessa de pagamento de horas-extras. Os policiais não irão concluir procedimentos, exceto autos de prisão em flagrante, e não irão registrar ocorrências consideradas atípicas, além de perdas de documentos e desacordo comercial.

Entre as chamadas "medidas permanentes" estão a não execução de trabalhos em viagem sem pagamento antecipado de diárias; comunicar às autoridades competentes a situação dos prédios da polícia civil que não possuem PPCI (Plano de Prevenção Contra Incêndio) do Corpo de Bombeiros; só sair para qualquer missão com viatura em perfeito estado, devidamente vistoriada pelos órgãos competentes e com a documentação em dia.




Fonte: Correio do Povo
 

Manifestação com queima de pneus causa lentidão na freeway em Porto Alegre

Manifestação com queima de pneus causa lentidão na freeway em Porto Alegre | Foto: Samuel Maciel
 
*Com informações dos repórteres Cristiano Soares e Cláudio Isaías

Uma manifestação com queima de pneus é realizada próxima à BR 290, a freeway, na manhã desta sexta-feira em Porto Alegre. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao menos 30 moradores da região organizaram o protesto contra restrição de circulação para carroceiros na avenida João Moreira Maciel. O trânsito no km 94 da rodovia, em direção à Capital, é lento por conta da fumaça provocada pelo incêndio e pela curiosidade dos motoristas. O fogo foi controlado pelos funcionários da triunfo concepa.

Um dos defensores do movimento, Paulo Guarnieri, que pertence ao coletivo "A Cidade que Queremos", afirmou em entrevista à Rádio Guaíba que presta apoio à comunidade de catadores e explicou o motivo da manifestação. "A principal reivindicação é a manutenção do trabalho porque a catação de material reciclável está presente no código nacional de ocupações", explicou.

Guarnieri afirmou que uma lei municipal - que entra em vigor em setembro - não pode retirar o trabalho de pessoas que atuam em uma profissão reconhecida. "A lei prevê um programa gradativo de substituição da função. mas os cursos ou não foram feitos ou não tiveram sucesso e as pessoas agora não têm com o que sobreviver", acrescentou.


Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba
 

PR anuncia apoio a candidato do PTB em Porto Alegre

Maurício Dziedricki é candidato do PTB para Prefeitura de Porto Alegre | Foto: Facebook / Reprodução / CP
 
O PR anunciou nesta sexta-feira o apoio ao pré-candidato do PTB a prefeito de Porto Alegre, Maurício Dziedricki, nas eleições deste ano. A aliança foi articulada pelas direções estaduais dos dois partidos, a partir de negociação dos presidentes das siglas Giovani Cherini (PR) e Luis Carlos Busato (PTB).

"Estamos felizes em apoiar este jovem dinâmico, experiente e dedicado, que é o Maurício Dziedricki", afirmou o deputado federal Cherini (PR), que aproveitou para anunciar o coronel Arlindo Bonete (PR) como candidato a vice-prefeito.

Já o pré-candidato Dziedricki destacou que a coligação se torna forte para disputar o comando do Paço Municpal. "O coronel Bonete mostra a certeza de que vamos dar prioridade à Segurança. Ele é um estudioso na área e foi comandante do BOE e do CPC da Brigada Militar", argumentou.

Durante o encontro, foi assinado termo de acordo para a aliança, que já conta com PTB, PR, Solidariedade, PSC, PTdoB e PRP. "A coligação entre nossos partidos conta com 86 deputados federais, o que garante um tempo competitivo na propaganda de rádio e televisão", destacou o presidente municipal do PTB e futuro coordenador da campanha Éverton Braz.

A convenção está marcada para próximo domingo, às 9h, na Assembleia Legislativa.


Fonte: Correio do Povo
 

Agentes da segurança anunciam operação padrão contra parcelamentos de salários do Piratini

Secretário da Fazenda culpa inchaço da máquina pública e garante que Estado "faz o máximo que pode" | Foto: Samuel Maciel / CP Memória
 
Os agentes da Segurança Pública do Estado anunciaram o início de uma operação-padrão, a partir desta sexta-feira, em protesto contra o sexto parcelamento dos salários em 2016. Policiais militares, policiais civis e agentes penitenciários prometem reduzir atividades, alegando, inclusive, falta de equipamentos. Segundo os sindicatos das categorias, a ideia é estender a operação até que o governo quite integralmente as remunerações de julho, o que está previsto para ocorrer apenas no dia 19 de agosto.

Em entrevista ao programa Cidade Alerta RS, o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, enfatizou que o governo não tem condições de fazer um pagamento maior. "O governo dá uma demonstração inequívoca de que faz o máximo que pode", argumentou. Ele criticou a administração anterior, de Tarso Genro, por agravar o "inchaço" da máquina pública estadual e afirmou que "o Rio Grande do Sul está em situação pré-falimentar". "É um Estado autofágico que arrecada e consome o que arrecada. Se consome em si", justificou Feltes.

Ele também negou que haja má gestão do governo Sartori, inclusive por conta de promessas de melhora nas condições e investimentos das forças de segurança. "O governador e o vice acabaram anunciando um volume maior de contratação na segurança pública. Deste então, a secretaria de Segurança e o Piratini estão focados em implementar o que foi anunciado. Houve problemas administrativos e não de gestão, que estão impedindo dar celeridade à operação", relatou.

Na manhã desta sexta-feira, um grupo ligado à segurança vai até a frente do Palácio Pìratini para cobrar uma reunião com o governador José Ivo Sartori. Na próxima quinta-feira, as entidades fazem uma paralisação geral de 15 horas no policiamento e outras operações de segurança. O presidente da Associação de Cabos e Soldados da BM (Abamf), Leonel Lucas, ressalta que, apesar de serem impedidos por lei de promover greves, os brigadianos podem se recusar a trabalhar devido a problemas em viaturas, falta de documentação e até de calçados adequados. “Viaturas que não têm condição de rodar, armamento, colete, documento vencido, todas essas restrições que os brigadianos já sabem”, indicou.

Já entre os policiais civis, a proposta é atender somente ocorrências com risco à vida e cancelar qualquer outro tipo de operação, conforme o presidente da Ugeirm (Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia), Isaac Ortiz. “Vamos só registrar casos com potencial mais grave, cancelar todas as operações, não vamos mais trabalhar fora do horário, tudo até que o salário seja integralizado. E, no dia 4, marcamos uma grande paralisação da Polícia Civil e Brigada Militar. Estamos fazendo uma carta à população para manifestar nossa indignação”, adiantou.

Na Susepe, o protesto deve reduzir, por exemplo, transferências de presos para audiências, sob o argumento da falta de efetivo e viaturas suficientes. Além dos servidores da Segurança, a tendência é de que outras categorias do serviço público estadual se unam à operação-padrão a partir de segunda-feira.

Em reunião marcada para as 14h desta sexta-feira, a Fessergs vai reunir dezenas de sindicatos filiados. A ideia, segundo o presidente Sérgio Arnoud, é propor que todos os funcionários do Executivo compareçam aos locais apenas para registrar ponto. Os trabalhadores acusaram o governo, hoje, de falta de gestão e tentativa de provocar um colapso em serviços públicos para justificar privatizações. A parcela inicial depositada aos servidores nesta sexta, de R$ 650, é a menor em 2016.
O governo cogita a possibilidade de depositar uma segunda parcela de R$ 330, ainda na sexta.


Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba
 

RS terá predomínio de sol e manhã fria nesta sexta-feira

Temperaturas se elevam mais à tarde e máximas superam os 20°C em vários pontos | Foto: Samuel Maciel / CP Memória
 
O sol predomina mais uma vez no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, mas no decorrer do dia são esperadas nuvens na maioria das regiões. O amanhecer é, de novo, muito frio no Estado com chance de geada em diversas localidades. São previstos bancos isolados de nevoeiro no começo do dia.

À medida que ar mais quente começa a ingressar no Rio Grande do Sul, as máximas à tarde se elevam mais do que nos últimos dias e serão agradáveis em todo o território gaúcho, ficando ao redor de 20ºC na maioria dos locais. À noite, contudo, volta a esfriar rapidamente.

As mínimas rondam 0°C em São José dos Ausentes e 1ºC em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 24°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 5°C e 20°C.

O Rio Grande do Sul teve nessa quinta, o 38º dia do ano e o 10º neste mês de julho em que a temperatura caiu abaixo de zero. A mínima no Estado se deu em Santa Rosa com -1,8ºC. Outras localidades que registraram marcas negativas foram Cambará que anotou -1,0ºC, Soledade com -0,7ºC e Ausentes que teve -0,1ºC. Grande parte do interior teve entre 0ºC e 5ºC. Fez muito frio no começo do dia também em Porto Alegre com 3,8ºC na Serraria e geada em alguns bairros da Capital.

Apesar de ainda fazer muito frio em algumas cidades nesta sexta, ar mais quente começa a ingressar e proporciona marca mais elevadas no período da tarde. A temperatura vai subir ainda mais durante este fim de semana, quando as madrugadas devem ser bem menos frias e as tardes bastante agradáveis. O domingo, inclusive, deve ser quente à tarde em Porto Alegre e várias cidades do interior.


Fonte: Metsul
 

Preso após assaltar ônibus em Guaíba

Em 28 de Julho de 2016, ás 21h10m, guarnições da 1ª Companhia do 31º BPM, Agência de Inteligência do CRPO-CS e 31º BPM, juntamente com guarnição do Pelotão de Operações Especiais, deslocaram para apoiar um policial militar que estava de folga e avistou na Rua Rui Barbosa, um indivíduo assaltar o ônibus da empresa EXPRESSO ASSUR, descer do coletivo guardando uma arma de fogo na cintura e entrar em um veiculo FIAT/UNO de cor vermelha. 

Após cerco policial, o veiculo foi abordado na Rua Matazo Kawano, bairro Primavera, cidade Guaíba, sendo o indivíduo preso em flagrante e encaminhado a Delegacia de Policia.


Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

Tráfico de drogas no bairro São Jorge em Guaíba

Em 28 de julho de 2016, uma guarnição do Pelotão de Operações Especiais do 31º BPM, durante patrulhamento no bairro São Jorge, abordou o indivíduo conhecido como “TIO DÉ”, sendo que após revista pessoal foi localizado seis pedras de crack.

Durante a abordagem, familiares do preso tentaram resgata-lo da guarnição, momento em que foram presos por resistência e desacato.


Fonte: 31º BPM

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Servidores do RS receberão parcela de R$ 650 nesta sexta-feira

Secretaria da Fazenda fez o anúncio nest6a sexta-feira | Foto: Leandro Osório / Especial Palácio Piratini / Divulgação / CP
 
* Com informações do repórter Cláudio Isaías

O secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, Giovani Feltes, anunciou nesta quinta-feira que os servidores do Executivo receberão amanhã R$ 650 por matrícula devido à crise financeira do Estado. Este é o sexto parcelamento seguido de salários do funcionalismo público pelo governo José Ivo Sartori.

Segundo Feltes, o caixa do governo conta com R$ 232 milhões e, por isso, os 343 mil servidores do Executivo receberão parcelado. A expectativa do Estado é concluir o pagamento dos salários até 19 de agosto. “Vamos passar a realidade angustiante do mês de julho para os servidores do Executivo”, declarou Giovani Feltes antes de anunciar os valores.

Segundo a Fazenda, a receita líquida do Estado caiu de R$ 2,25 bilhões em junho para R$ 2,14 bilhões neste mês. Um dos principais fatores para a queda de arrecadação foi a diminuição dos repasses federais em 46% na comparação ao período anterior. A queda do Fundo de Participação dos Estados foi de quase R$ 41 milhões e das compensações da Lei Kandir chegou a R$ 43 milhões.

Recursos vinculados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação e o próprio IPVA também sofreram queda em julho. O único item que teve desempenho positivo foi o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Ele subiu de R$ 1,40 bilhão em junho, para R$ 1,50 bilhão neste mês. Mesmo assim, foi insuficiente para fazer frente as despesas que ficaram pendentes e que vem acumulando.

Entre os outros fatores que agravaram o fluxo financeiro em julho, o principal está no saldo disponível nos depósitos judiciais. Na virada do mês, a Fazenda retirou R$ 105 milhões de um saldo de R$ 202 milhões para pagar as primeiras parcelas do salário. Com o saque, ficou com uma margem de R$ 50 milhões, saldo considerado como limite mínimo para garantir o pagamento das decisões judiciais.


Fonte: Correio do Povo

 

No vale-tudo do conteúdo, TV paga vai a nocaute

Foto/ilustração
 
Os colunistas que leem comentários dos internautas nos portais de notícias sobre entretenimento e televisão têm a impressão de terem envelhecido algumas décadas. O motivo é tão antigo quanto a própria TV: as emissoras abertas versus as emissoras fechadas (ou pagas).

Não faz muito tempo que os espaços reservados a estes comentários eram tomados por elogios calorosos às TVs pagas, na mesma proporção que criticavam as emissoras abertas - desde a Globo até a Gazeta.

Com poucas variações, as queixas dos telespectadores seguiam roteiros parecidos: a televisão aberta era (ou ainda é) sensacionalista, repetitiva, atende somente aos interesses dos patrocinadores, não percebe que envelheceu, empurrando goela abaixo do público os mesmos rostos e nomes. A televisão paga sim, oferecia (ou oferece?) programas de qualidade, um vasto cardápio de filmes, seriados, documentários, atrações musicais.

Os mais extremados declaravam sequer saber o que se passava nas emissoras abertas, quase uma luta de classes midiáticas, que se acirrou quando a classe C teve acesso ao serviço. (Alguém lembra da histeria causada pela invasão dos programas dublados?). E assim a TV fechada no Brasil vivia seu auge.

Com a entrada da internet e dos canais por demanda neste ringue, os comentários se inverteram de dois anos para cá. De mocinha, a TV paga se tornou vilã, cheia de vícios parecidos aos da sua gêmea má. Dá-lhe assinantes reclamando do excesso de reprises e comerciais, atrações exibidas apenas para preencher a grade, legendas sem sincronia ou que desaparecem, e para piorar, os serviços das operadoras a cabo começaram a cair na precariedade (ofertas de pacotes que prometem algo e vendem outro, demora no atendimento, e a lista só cresce).

Quem já se propôs a zapear a TV por assinatura em um fim de semana percebeu que as reclamações têm fundamento. Por que o History Channel, por exemplo, precisa exibir horas seguidas de “Trato Feito”? Os canais pertencentes à Globosat repetem, sem constrangimento, reprises e convidados da Globo. Os comerciais da Polishop, exibidos desenfreadamente em vários canais, já se tornaram piada nas redes sociais.

A lei que obriga emissoras fechadas a exibirem uma porcentagem de conteúdo nacional escancarou a preguiça de determinados programadores. Enquanto alguns se esforçam para produzirem conteúdo original (como o Canal Brasil), muitos passam filmes brasileiros de qualidade duvidosa, em diversas reprises.

Mesmo nocauteada, a TV paga no Brasil não parece reagir. Pesquisas mostram que o seu número de assinantes está caindo, e os serviços como Netflix, por oferecerem conteúdo sem comerciais e sem uma grade fechada, tal qual uma videolocadora virtual, são o futuro.

Se continuarem a ver o tempo passar e não apostarem na agilidade do novo telespectador (as emissoras fechadas americanas, por exemplo, acompanham o intervalo de exibição das atrações na internet), a televisão por assinatura brasileira se tornará passado como as lutas-livres nos sábados à tarde.

Texto: Ariane Fabreti é colunista do NaTelinha. Formada em Publicidade e em Letras, adora TV desde que se conhece por gente. Escreve sobre o assunto há sete anos.

Fonte: NaTelinha / UOL 
 

Anvisa proíbe venda de extrato e molho de tomate com pelo de roedor de 5 marcas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização e a distribuição de quatro lotes de extrato de tomate das marcas Amorita, Predilecta, Aro e Elefante, além de um lote de molho de tomate tradicional da marca Pomarola. A punição às cinco marcas se deu com base em laudos que detectaram matéria estranha indicativa de risco à saúde humana - pelo de roedor - acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente. As empresas terão de recolher os estoques dos produtos existentes no mercado.

As decisões da Anvisa estão publicadas em resoluções no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira. A primeira refere-se ao lote L 076 M2P e validade de 01/04/2017 do extrato de tomate Amorita, fabricado por Stella D'Oro. A segunda, ao extrato de tomate Predilecta lote 213 23IE e validade 03/2017. A terceira trata do molho de tomate tradicional Pomarola lote 030903 e validade 31/08/2017 e também do extrato de tomate Elefante lote 032502 e validade 18/08/2017.


Fonte: AE

Novo prazo para trabalhador sacar PIS/Pasep começa hoje

Novo prazo para trabalhador sacar PIS/Pasep começa hoje | Foto: Samuel Maciel / CP Memória
 
Os trabalhadores que não conseguiram sacar o abono salarial do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) - contribuições sociais devidas pelas empresa - ano-base 2014 terão novo prazo para retirar o benefício. O período de saque começa nesta quinta-feira e termina no dia 31 de agosto, segundo o Ministério do Trabalho.

A prorrogação para os trabalhadores que perderam o prazo foi anunciada no início do mês pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Na ocasião, ele destacou que mais de 1 milhão de trabalhadores perderam o prazo, encerrado no fim de junho. A expectativa é que mais de R$ 800 milhões sejam injetados na economia em 2016, caso todos os trabalhadores que têm direito ao abono saquem os valores liberados.

Hoje também começa a ser pago o PIS/Pasepe ano-base 2015. Quem nasceu de julho a dezembro, recebe o benefício neste ano (2016) e os nascidos entre janeiro a junho, no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.
 
 

GUAÍBA | PRISÃO POR FURTO A COMÉRCIO NO CENTRO

Na tarde de 27 de julho de 2016, a ROCAM/31º BPM, foi solicitada para atendimento de um furto na Loja Moda e Oferta, no Centro de Guaíba.

No local os policiais militares colheram informações com as vitimas e deslocaram para efetuar buscas.

Na Avenida 20 de Setembro os policiais visualizaram as suspeitas, sendo efetuada a abordagem e condução a Delegacia de Policia para registro.



Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

quarta-feira, 27 de julho de 2016

GUAÍBA | PRISÃO DE INDIVÍDUOS ENVOLVIDOS EM HOMICÍDIO

Em 27 de julho de 2016, a PATAMO do 31º BPM durante patrulhamento na rua 4, São Jorge, Guaíba, avistou dois indivíduos, sendo que um deles possuía um mandado de prisão por homicídio.

Após revista pessoal, foi localizado um revolver com numeração raspada.

Ambos foram presos e encaminhados a Delegacia de Policia.


Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

Quinta será ensolarada e fria no RS

Quinta será gelada, mas sem previsão de chuva para o Estado | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória
 
A quinta-feira será de sol e frio no Rio Grande do Sul. O amanhecer gelado vem acompanhado de geada na maioria das regiões gaúchas. O tempo mais aberto com vento calmo a fraco no começo do dia favorece o intenso resfriamento. No período da tarde, a sensação térmica fica mais agradável com a presença do sol, mas não chega a esquentar predominantemente.

O Estado volta a ter marcas abaixo de zero como em São José dos Ausentes e Vacaria que têm previsão de -2°C e -1°C, respectivamente. Em Porto Alegre, a temperatura fica entre 5°C e 16°C. Não há previsão de chuva em nenhuma região gaúcha.

Mínimas e Máximas
Santa Rosa 0°C / 20°C
Santana do Livramento 2°C / 14°C
Passo Fundo 3°C / 17°C
Erechim 3°C / 17°C
São Miguel 4°C / 18°C
Pelotas 4°C / 14°C
Rio Grande 5°C / 14°C


Fonte: MetSul
 

Parcela inicial dos salários de julho será inferior a R$ 2 mil

Governo deverá dividir em seis o pagamento dos vencimentos dos servidores em agosto | Foto: Ricardo Giusti / CP Memória
 
Fontes consultadas na Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) confirmaram nesta quarta-feira à Rádio Guaíba que a faixa inicial do pagamento parcelado do funcionalismo de julho vai ser inferior a R$ 2 mil – abaixo, portanto, da expectativa inicial. O cenário decorre da queda de receita e da diminuição de repasses da União. O cronograma de pagamento deve se estender até 19 de agosto.

Durante a semana, o Palácio Piratini reafirmou que o salário dos servidores não vai ser pago de forma integral pelo sexto mês seguido. Amanhã, o titular da Fazenda, secretário Giovani Feltes, detalha, em coletiva de imprensa, como a folha de julho vai ser paga.

O cálculo apresentado pelos técnicos da Fazenda reitera que o Estado vem arrecadando valor inferior ao projetado mês a mês. De janeiro a maio, por exemplo, o déficit chegou a R$ 300 milhões. A projeção de faturamento com ICMS para 2016 também caiu, em aproximadamente em R$ 800 milhões. Em 2015, o Executivo já havia deixado de arrecadar R$ 2 bilhões.

Em junho, os salários só foram completamente quitados após o pagamento de seis parcelas. A primeira, depositada em 30 de junho, foi dividida em duas – R$ 2,6 mil pela manhã e R$ 400, horas depois. A última – de R$ 600 – foi quitada em 11 de julho. O valor total da folha anterior chegou a R$ 1,4 bilhão.

A renegociação da dívida com a União, isentando o Rio Grande do Sul de pagar as parcelas mensais até o fim do ano, não é vista como vantagem para pagar os salários em dia. A interpretação é de que o Estado já não vinha pagando as últimas prestações e, ainda assim, seguiu atrasando a folha.

Em outubro, Fazenda pode estar ainda pagando vencimentos de agosto 

Com déficit milionário, os técnicos da Sefaz advertem, ainda, que o parcelamento de salários de agosto do funcionalismo pode não ser quitado ao longo de setembro, fazendo com que duas folhas diferentes se encontrem, entre o fim do mês e o início de outubro. A estimativa do Palácio Piratini era ver essa situação ocorrer ainda antes, em julho, mas a renegociação da dívida com a União foi um dos fatores que postergou o impasse.


Fonte: Lucas Rivas / Rádio Guaíba

 

Hora de passear =D


STF recebe novos indícios de irregularidade na campanha de Dilma em 2014

A empresa foi contratada para enviar mensagens para celulares durante a campanha eleitoral de 2014 | Foto: José Cruz / Agência Brasil / CP 
 
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) cópias de documentos com informações sobre uma das empresas que prestaram serviços à campanha eleitoral da presidente afastada Dilma Rousseff.

Mendes, que é o relator da prestação de contas no TSE, diz que recebeu informações da Secretaria Municipal de Finanças de Uberlândia (MG) sobre uma das empresas e que encaminhou à secretaria, “para apuração de eventual ilícito”, cópia de um documento em que o PSDB “aponta indícios de irregularidades relativos à empresa DCO Informática Comércio e Serviços Ltda.", que aparece na relação de gastos declarados na prestação de contas da campanha de Dilma em 2014. A empresa foi contratada para enviar mensagens para celulares durante a campanha eleitoral.

O texto do ministro diz ainda que a secretaria informou ao TSE que a empresa DCO mudou de endereço sem avisar à prefeitura de Uberlâdia, não tem alvará de funcionamento desde 2012, nem identificação na fachada de sua sede. Conforme as informações, um sócio da DCO disse que a empresa tem um servidor e notebook e três funcionários não registrados de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Diante das informações prestadas, Gilmar Mendes decidiu enviar cópia da documentação ao STF, para o ministro Edson Fachin, relator de uma ação que tramita na corte.

Em maio, em outro despacho, o ministro Gilmar Mendes cita um ofício enviado pela Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais com informações sobre essa empresa e determina o envio de dados ao Ministério Público Federal e ao Departamento de Polícia Federal.

Em dezembro de 2014, as contas da campanha de Dilma foram aprovadas com ressalvas por unanimidade no TSE. Em fevereiro deste ano, Mendes atendeu a um pedido do PSDB e determinou que seis órgãos de investigação apurassem supostas irregularidades nos pagamentos a sete empresas que prestaram serviços à campanha eleitoral em 2014. A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público, deveriam investigar se as empresas receberam valores que desproporcionais à capacidade operacional para prestar serviços na campanha.


Fonte: Agência Brasil
 

Polícia Civil prende em Eldorado do Sul suspeitos por tráfico de drogas

Foto: Polícia Civil
 
Na manhã desta quarta-feira (27/07), policiais da Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul prenderam dois homens, de 21 e 18 anos, suspeitos por tráfico de drogas. Foram apreendidas 24 pedras de crack, além de celulares e dinheiro.

Segundo a delegada Patrícia Sanchotene, parte dos entorpecentes foram recuperados com auxílio dos bombeiros, pois os suspeitos arremessaram as drogas para cima do telhado de uma casa. Ambos os homens foram enviados para o sistema prisional gaúcho.

Texto: Mathews Leal
 

Policia Civil de Guaíba realiza 55º prisão no ano

Foto: Polícia Civil
 
Na manhã desta terça-feira (26/07), cumprindo mandado de busca e apreensão, policiais da Delegacia de Polícia de Guaíba prenderam em flagrante no bairro Cohab, naquele município, um homem de 31 anos suspeito por posse ilegal de munição de arma de fogo e homicídio.

Segundo a delegada Sabrina Dóris Teixeira, essa é a 55º prisão realizada pela Delegacia de Guaíba no ano de 2016. Após os procedimentos de praxe, o indivíduo será encaminhado ao sistema prisional.

Texto: Mathews Leal
 

Dois exames para detecção da leucemia são incorporados à tabela do SUS

Dois exames para detecção do vírus HTLV-1 foram incorporados à tabela de procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

Segundo o texto, o SUS incorpora procedimentos laboratoriais para o diagnóstico da leucemia/linfoma de células T do adulto associado ao HTLV-1. A forma de transmissão do vírus HTLV-1 pode ocorrer pela relação sexual com uma pessoa infectada, pelo uso em comum de seringas e agulhas durante o uso de droga, e da mãe infectada para a o recém-nascido, principalmente pelo aleitamento materno.

Fonte: Agência Brasil

Água do Guaíba segue com influência de esgoto, aponta Fepam

Fepam divulga segundo resultado da qualidade de água do Guaíba | Foto: Fepam / Divulgação / CP
 
 
*Com informações da Fundação Estadual de Proteção Ambiental 

O segundo monitoramento da qualidade da água do Guaíba, feito pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e divulgado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) nesta quarta-feira, apontou indicativo de grande influência de esgoto sanitário nos pontos verificados.

Nos resultados das análises desta última coleta foi observada redução nas concentrações dos parâmetros monitorados em relação à primeira, devido ao aporte de chuva na região nos últimos dias.
A partir desta segunda coleta em cinco pontos do Guaíba, nos locais onde há alterações no cheiro e gosto da água, estão incluídos os parâmetros de escherechia coli e nitrogênio amoniacal.

De acordo com a Fepam, os órgãos ambientais terão, após três meses de monitoramento, uma série histórica de comportamento das condições da água do Guaíba, o que possibilitará uma avaliação mais adequada.

Pontos de coleta:

• Foz do rio Gravataí
• Depois da Casa de Bombas nº 5 do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP)
• Depois da Casa de Bombas Pluvial do Trensurb
• Antes da captação de água do DMAE São João/Moinhos de Vento
• Depois da captação de água do DMAE São João/Moinhos de Vento



Fonte: Correio do Povo

 

Presos com Crack em Eldorado do Sul

Em 27 de julho de 2016, a guarnição da ROCAM/31º BPM de Eldorado do Sul, em patrulhamento de rotina abordou três indivíduos, sendo localizadas com eles 25 pedras de crack. 

Os indivíduos foram conduzidos a Delegacia de Policia.



Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

Carreta tomba em rodovia

Uma Carreta Volvo de transporte de lenha, placa DBC 7190, de Minas do Leão, acabou tombando na entrada da cidade, sentido interior X capital.

Atenção motoristas o trânsito está lento no local.






Fonte e Foto: Grupo Sobral / Reprodução Facebook


Após ventos de 80 km/h, RS tem 25 mil pontos sem luz

O Rio Grande do Sul tem pelo menos 25 mil clientes sem energia elétrica na manhã desta quarta-feira devido aos ventos de até 80 km/h que atingiram o Estado na noite dessa terça. De acordo com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), o deslocamento de um ciclone extratropical para o oceano afetou o fornecimento em diversos pontos da área de concessão da empresa.

Às 7h, havia 13,5 mil clientes sem luz no Litoral Norte, 7,1 mil na região Metropolitana, 3,2 mil no Sul e 1,2 mil no Litoral Sul do Estado. Segundo a CEEE, equipes trabalham para restabelecer o fornecimento no menor tempo possível.


Fonte: Correio do Povo

Furto em farmácia de Guaíba

Na noite de 26 de julho de 2016, uma guarnição da 1ª Companhia do 31º BPM, após ser despachada para atender uma ocorrência de furto na Farmácia São João, no Centro de Guaíba, localizou próxima a Hidroviária o indivíduo acusado pelas vitimas, juntamente com o material furtado.

O acusado foi preso e está sendo encaminhado a Delegacia de Policia.


Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook

terça-feira, 26 de julho de 2016

Após chuva, quarta-feira será de temperaturas baixas no RS

Após chuva, quarta-feira será de temperaturas baixas no RS | Foto: Betina Carcuchinski/PMPA/CP
 
O sol aparece no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira, apesar da presença de nuvens em parte do dia em algumas regiões. A circulação de umidade de um ciclone na costa do Uruguai traz grandes chances de nebulosidade para o Sul gaúcho, onde não se descarta chuva isolada e passageira.

O vento ainda sopra moderado a forte com rajadas, especialmente entre a madrugada e a manhã desta quarta, com baixa sensação térmica. Faz frio o dia todo e a temperatura tem forte queda ao entardecer, precedendo uma madrugada de quinta gelada. Em Porto Alegre, as temperaturas variam de 7°C a 15°C.


Fonte: MetSul
 

Piratini parcelará salários pelo sexto mês seguido

Secretaria da Fazenda espera quitar a folha de julho até 19 de agosto | Foto: Leandro Osório / Palácio Piratini / CP
 
A Secretaria Estadual da Fazenda ratificou, nesta terça-feira, que o salário do funcionalismo público vai ser novamente parcelado em julho, com pagamento na sexta-feira, de uma faixa inicial que vai ficar entre R$ 2 mil e, no máximo, R$ 2,5 mil. Os valores ainda serão confirmados pelo Executivo.
Pelo sexto mês seguido, o Piratini deixa de quitar os vencimentos dos trabalhadores do Executivo de forma integral. O cronograma pode se estender até 19 de agosto.

Em junho, os salários só foram completamente quitados após o pagamento de seis parcelas. A primeira, depositada em 30 de junho, foi dividida em duas – R$ 2,6 mil pela manhã e R$ 400, horas depois. A última – de R$ 600 – foi quitada em 11 de julho. O valor total da folha anterior chegou a R$ 1,4 bilhão.

Pela manhã, o secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes, participou, junto de secretários municipais de finanças, de um evento realizado na Famurs. Durante o encontro, Feltes reafirmou o parcelamento. O secretário reiterou que arrecadação ficou abaixo do esperado e que a tendência é de que a folha siga “inchando” diante dos aumentos para a Segurança Pública e a contratação de mais servidores, em agosto. Em junho, foram recolhidos quase R$ 100 milhões a menos em relação ao número projetado pela Pasta.

A renegociação da dívida com a União, isentando o Rio Grande do Sul de pagar as parcelas mensais até o fim do ano, não é vista como vantagem para pagar os salários em dia. A interpretação é de que o Estado já não vinha pagando as últimas prestações e, ainda assim, seguiu atrasando a folha.


Fonte: Lucas Rivas / Rádio Guaíba
 

Santa Casa é condenada a indenizar paciente que contraiu infecção hospitalar

Decisão do TRF4 manteve sentença da 2ª Vara da Capital | Foto: André Ávila / CP Memória
 
  A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre vai ter de indenizar, em R$ 20 mil, por danos morais, um paciente que teve complicações hospitalares após uma cirurgia. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve a sentença da 2ª Vara da Capital, que determinou ainda o pagamento de uma pensão mensal, no valor de um salário mínimo, a ele.

O caso ocorreu em 2003, quando a Santa Casa contratou o homem para fazer reparos em um telhado. Durante o serviço, ele caiu de uma escada e fraturou a tíbia. Os médicos tiveram de implantar uma prótese no local, mas o paciente contraiu uma infecção e teve de passar por outras intervenções que deixaram sequelas, como o encurtamento de uma das pernas em 11 centímetros.

Em 2008, o trabalhador entrou com a ação dizendo que a infecção decorreu de contágio bacteriano no ambiente hospitalar. O paciente também relatou que o material usado para fabricar a prótese era de baixa qualidade, o que contribuiu para a piora do quadro.

Já a Santa Casa alegou que o tratamento oferecido seguiu o protocolo médico e que um dos motivos para a complicação foi a condição de fumante do paciente. O hospital ainda lembrou que o homem abandonou o tratamento em seguida, deixando de retornar às consultas para a reversão do quadro.

O laudo pericial encomendado pela Justiça comprovou que não houve erro médico e que o material usado na confecção do componente era adequado. No entanto, o perito atestou que a infecção pode ter ocorrido por “falha genérica no controle da assepsia e quebra do dever de incolumidade do paciente”.

Após a primeira instância aceitar os pedidos do autor e fixar a indenização em R$ 20 mil, ambos recorreram ao tribunal. A Santa Casa pedia a reforma da decisão e o paciente, o aumento da indenização.

Na 3ª Turma, o relator do caso, desembargador federal Fernando Quadros da Silva, elevou o valor para R$ 100 mil. Como a decisão não foi unânime, o hospital conseguiu recorrer. O juiz federal Loraci Flores de Lima, que relatou o recurso, entendeu que o valor da indenização fixado antes era o mais adequado, já que o “paciente contribuiu, com o seu comportamento, para o agravamento das seqüelas decorrentes da infecção hospitalar”.


Fonte: Rádio Guaiba

Sarampo está eliminado do Brasil, diz Organização Mundial da Saúde

Após um ano sem o registro de casos de sarampo, a circulação endêmica do vírus da doença foi considerada interrompida no país, conforme informou nesta terça a Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS).

De acordo com Ministério da Saúde, a expectativa é que, até o fim de 2016, o Brasil receba o certificado de eliminação do sarampo pela OMS. O documento reconhece a eliminação da transmissão da doença em todo o continente americano. A região será a primeira do mundo onde isso acontece. Em 2015, a rubéola também foi considerada eliminada.

Os últimos casos de sarampo no país foram registrados em julho do ano passado, em um surto de sarampo no Ceará. Na ocasião, a OpasOMS investiu R$ 1,2 milhão para apoiar os custos de ações para controle do surto e no recrutamento de 165 enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Mapeamento

Segundo a organização, os profissionais participaram do mapeamento das regiões com maior transmissão de sarampo. A iniciativa permitiu que a vacinação fosse feita tanto em unidades básicas de Saúde quanto nas casas das pessoas que viviam em áreas de maior circulação do vírus causador da doença.

O sarampo é normalmente transmitido por meio do ar e do contato direto. O agente infeccioso é um vírus que infecta as membranas mucosas e, em seguida, se espalha por todo o corpo, causando uma doença grave e altamente contagiosa.

Atualmente, a doença é considerada uma das principais causas de morte entre as crianças no mundo. Aproximadamente 114,9 mil pessoas morreram em consequência dessa doença em 2014, principalmente as menores de 5 anos de idade, o que corresponde a 314 óbitos por dia ou 13 por hora.

Rio 2016

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos do Rio, a Opas destacou a importância de os turistas e atletas se vacinarem contra sarampo e rubéola pelo menos duas semanas antes de viajar. A Olimpíada acontecerá entre os dias 5 e 21 de agosto no Rio de Janeiro, seguidas da Paralimpíada, de 7 a 18 de setembro.



Fonte: Agência Brasil

GUAÍBA | Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM)

Em 26 de Julho de 2016, por volta de 12h20min, a guarnição da ROCAM/31º BPM, deslocou até a Farmácia SANAR, localizada na Rua Bento Gonçalves, Centro, em Guaíba, onde foram informados que três mulheres, vestindo um blusão de cor azul, uma camisa preta com detalhes brancos e outra vestindo um casaco de cor preta com uma blusa de cor branca haviam entrado no estabelecimento e furtado um batom e um lápis.

As mesmas mulheres haviam efetuado outro furto na Loja SHOW DO REAL. Os policiais da ROCAM efetuaram buscas abordando e prendendo as três mulheres com os produtos furtados.

Todas foram encaminhadas a Delegacia de Policia.






Fonte e Foto: 31º BPM / Reprodução Facebook


ATENÇÃO!!! CEEE informa: Desligamento Programado nesta quinta-feira na Ilha da Pintada


segunda-feira, 25 de julho de 2016

Chuva forte pode provocar granizo no RS nesta terça

Após final de semana quente, a chuva chega no Estado nesta terça | Foto: Fabiano do Amaral / CP Memória
 
 
Após um fim de semana de temperaturas elevadas no Rio Grande do Sul, a chuva chega no Estado nesta terça-feira. Chove no início da madrugada e segue até o início da manhã com precipitações fortes, com riscos de granizo localizado. Há possibilidade de vendavais isolados e temporais intensos em alguns pontos do território gaúcho.

No decorrer do dia, a instabilidade cede e o tempo deve melhorar em vários locais. Porém, a chuva persiste na metade Norte e Sul, devido a circulação de umidade de um ciclone que traz vento moderado a forte. Uma frente fria avança pelo Estado e as temperaturas caem pela noite.

A mínima mais baixa prevista é em Santana do Livramento com 7ºC e máxima de 17°C. Em Porto Alegre, as temperaturas devem ficar entre 11°C e 19°C.

Mínimas e Máximas
São José dos Ausentes 8ºC / 16°C
Erechim 9°C / 20°C
Santiago 9°C / 15°C
Santa Maria 9ºC / 20°C
Caxias do Sul 10°C / 20°C
Santa Cruz 11°C / 19°C
São Miguel 12°C / 20°C



Fonte: MetSul
 

Tráfico de drogas em Eldorado do Sul

Em 25 de julho de 2016, às 04h20min uma guarnição do 31º BPM de Eldorado do Sul, durante patrulhamento na Invasão do bairro Itaí, cidade de Eldorado do Sul, abordou um casal e após revista pessoal foram localizadas 270 pedras de Crack, mais 03 pedras grandes Crack e 24 buchas de Maconha.

Os indivíduos foram conduzidos a Delegacia de Policia.


Fonte e Foto:  31º BPM / Reprodução Facebook

Reforma da previdência já está sendo conduzida e passa por diálogo, diz secretário

Caetano lembrou que haverá distintas regras para contribuintes em condições de se aposentar | Foto: Facebook / Previdência Social / Reprodução / CP
 
O secretário da Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, afirmou que a reforma da previdência passa por um processo de diálogo com a sociedade, que já estaria sendo conduzido pelo atual governo do presidente interino Michel Temer. "É uma reforma que tem uma economia política por trás, uma ciência política, e, em função disso, é importante que antes que se venha apresentar a reforma, ela passe por um processo de diálogo com a sociedade. Isso tem sido feito com representantes da Casa Civil, de trabalhadores, da sociedade como um todo", declarou Caetano, em seminário promovido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na sede da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Segundo o secretário, enquanto as mudanças não são efetivamente conduzidas, é possível trabalhar com medidas que não resolvem o problema, mas que permitem alguns avanços. "A gente observa problemas de auxílio-doença de longa duração, que não passam por revisão judicial. Então algumas mudanças de eficiência de gestão podem ser implementadas. Claro que não vai resolver a questão, mas pode obter avanços. Então estamos enfrentando essa questão", afirmou.

O secretário citou ainda a previdência complementar para estados e municípios que tenham desejo de aderir. "Vários estados e municípios têm desejo de implementar a previdência complementar, mas enfrentam problemas de escala", defendeu.

Em relação à reforma da Previdência, Caetano lembrou que haverá distintas regras para contribuintes em condições de se aposentar, contribuintes considerados em faixa de transição, e trabalhadores mais jovens. Segundo ele, se a reforma for feita para as gerações futuras, os impactos mais intensos serão sentidos daqui a cerca de 30 a 35 anos.

"Uma reforma voltada para a geração futura a gente só vai ter um impacto um pouco mais sentido lá na década de 2040, um pouco antes", disse ele.


Fonte: AE